quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Eu vejo um novo começo de era... FELIZ 2010!

Eu vejo a vida melhor no futuro
Eu vejo isso por cima do muro
de hipocrisia que insiste em nos rodear
Eu vejo a vida mais farta e clara
Repleta de toda a satisfação
Que se tem direito
Do firmamento ao chão
Eu quero crer no amor numa boa
E que isso valha prá qualquer pessoa
Que realizar a força que tem uma paixão
Eu vejo um novo começo de era
De gente fina, elegante e sincera
Com habilidade pra dizer mais sim do que não...


Caríssimos, esta é a minha última postagem de 2009. Finalizo os trabalhos na cidade, depois vou para praia curtir o mar, aproveitar o sol (se São Pedro deixar), festar com os amigos e brindar a chegada de um novo ano que está para nascer.

Amo esta época. É um período em que tudo se renova e, numa noite, ficamos com as esperanças e as energias renovadas na expectativa de que o próximo ano será muito melhor. Lembra dos planos que não deram certo neste ano? No próximo vai dar. Lembra das promessas de uma vida melhor? No próximo ano vai se realizar. É assim, sempre foi assim e que bom que é assim.

Mesmo quando nada do esperado acontece durante o ano, a passagem de um ciclo para outro transforma o nosso espírito e nos faz acreditar que desta vez vai ser diferente (e assim será)... E vocês, já estão prontos para festejar? A sidra já está na geladeira? (kkkkk, eu e minhas manias de pobre)

Quero desejar a todos que visitam este blog um ÓTIMO 2010. Que ele venha repleto de bons acontecimentos e que possamos registrar em nossos blogs e álbuns da vida somente o que há de melhor. Até o ano que vem e não esqueça:

Hoje o tempo voa amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
E não há tempo que volte amor
Vamos viver tudo o que há prá viver
Vamos nos permitir

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

2009 já acabou?

Hello peoples! (fiz curso de inglês? NOT, só quis fazer uma saudação diferenciada... tá bom, ficou meio gay, dá nada).

Falando em saudação, quero mandar um SALVE para todos os trabalhadores que não tiraram férias neste final de ano o/

Quero mandar um SALVE pro Blogger que ficou mais off do que online nestes últimos dias, nem deixou eu visitar a galera e comentar nos blogs, justamente quando estava com tempo.

E quero mandar um SALVE para toda falsidade entre as pessoas, que se faz muito presente na época de natal.

Então o Natal passou, a Simone pode descansar a garganta (depois de tanto cantar a sua musiquinha) e 2009... já acabou? Ainda não, mas estamos quase lá \o/

Li um artigo do Lúcio Packter, publicado no Jornal da Manhã desta segunda-feira (28/12/09), muito digno de leitura. Ele fez um compacto dos acontecimentos do ano numa junção a nossa correria diária. Ps: Pra ler melhor o artigo, pode clicar em cima dele.
E ele tem razão: As informações chegam para nós numa velocidade alucinante e grande parte só vai cair a ficha lá por 2013.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Então é Natal...

Não poderia deixar de postar nesta época do ano (no primeiro natal que este blog pode acompanhar) a famosa musiquinha da Simone que nos azucrina tanto. A música "Então é Natal..." é linda, mas chega a ficar enjoada por ser tão repetitiva neste período.

Em cada esquina, em cada loja, a música está lá tocando no volume 18 nos dizendo que "Então é Natal e o que você fez?" Esta pergunta me dá calafrios, pois sei que o ano acabou e então cai à ficha que não fiz tudo o que queria ter feito. Onde foi parar a minha promessa de não deixar para amanhã o que posso fazer hoje, quando estourei o espumante no início do ano? (Sim, era Sidra).

Cadê as juras de amor eterno para a pessoa amada na época, ao pular uma das sete ondinhas? E as minhas contas todas quitadas, pagas a vista e em dia... cadê este sossego que prometi me dar em 2009 ao comer as lentilhas? Continua tudo igual, muitos planos e poucas concretizações.

Mas nem tudo é lamentações (graças a Deus). Mais um ano chega ao fim e minha família e eu estamos com saúde, empregados, com casa para morar e alimentos para degustar todos os santos dias. Este ano que passou foi turbulento, com muita luta, suor e sacrifício... entretanto cresci, amadureci, desbravei novos horizontes na minha profissão. E vou passar a virada (não necessáriamente junto) com todos os entes queridos vivos e saudáveis (que DEUS assim queira).

Quantas pessoas vão enfrentar a ceia natalina com um espaço vazio na mesa? E quantas outras famílias desestruturadas nem vão se reencontrar? É preciso agradecer pelas coisas boas desta vida, pois não estamos imunes de passar por anos e noites traiçoeiras. Nem todo ano será bom, mas se tivermos forças para lutar, nem todos os momentos serão ruins.

É preciso ter garra para receber o novo ano que está por vir e fé de que melhores momentos virão. Mesmo que isso custe pular novamente as sete ondas, fazer pedido na hora do estouro do espumante e comer lentilhas no almoço do dia primeiro.

Não lembro o autor desta frase, mas posto aqui concordando com tudo que ele diz. "O homem morre no exato momento em que desiste de lutar e se acovarda diante dos obstáculos, sem ao menos tentar".

Então, todos preparados para o Natal? Não sei se voltarei a postar antes de janeiro (provavelmente sim), mas deixo os meus votos de um FELIZ NATAL e um ANO NOVO TAMBÉM. E como diz aquela canção tão famosa: "Que seja feliz quem souber o que é o bem".

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Sinto por cada morte de animal que sofre

Não posso ver cães, gatos e entre outros animais que são maltratados, sofrer e morrer. Pode parecer absurdo o que vou confessar, mas sinto mais a morte deles do que de muitas pessoas por ai. A justificativa para isto é que o ser humano pode falar, se defender e ir em busca daquilo que quer, já o pobre animal não tem como.

A notícia da semana que causou comoção e indignação por todos que tem carisma e gosto por estes bichinhos, foi publicada no Portal Engeplus através da jornalista Ariadne Niero. Era terça-feira (15 de dezembro) e fazia muito calor em Criciúma. A sensação térmica era mais de 30 graus na rua.

Um homem foi visitar um parente no hospital São João Batista e deixou o cão preso e esquecido no carro. Funcionários e populares, ao verificar o problema, arrombaram a carroceria do veículo para resgatar o cachorro. O pobrezinho estava desmaiado e a notícia está no link abaixo com fotos.










Isto não se faz. Deixar uma criança, idoso ou animal preso no carro com a temperatura altíssima é um crime. Se não pode levar alguém contigo no local predestinado, então para que levá-lo e deixar amarrado no veículo?

Os populares levaram o cão para uma clínica onde todos os cuidados foram realizados. O dono? Vai responder por um termo circunstanciado na Polícia Militar.

E nesta quinta-feira (17 de dezembro) o cachorro não resistiu à fraqueza mais a angústia do abandono e veio a falecer. A notícia foi postada no Portal Engeplus pela jornalista Daniela Niero, e - óbvio - fiquei profundamente triste junto com outras pessoas que também gostam de cães.


"Quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." (Arthur Schopenhauer)

Quem tem um cão em casa é suspeito em falar (meu caso), mas eles são muito fiéis e incansáveis para nos agradar. Schopenhauer foi muito feliz ao afirmar que nenhum homem é bom quando é cruel com os menos prevalecidos. Uma demonstração de fidelidade do cão está neste vídeo da União de Zoofilia.

"Um cão é a única coisa na terra que o ama mais do que ama a sí mesmo." ( Josh Billings )

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Corre, corre

Olá meus poucos visitantes fiéis, por quem tenho muita estima e apreço (bonitas palavras hein? aprendi no serviço). Fim do ano se aproxima e estou numa correria absurda para por as coisas em dia no trabalho e da vida pessoal. Naturalmente muitas pessoas estão assim também, porque natal e ano novo chega para todos.

Hoje a minha postagem é do típico preguiçoso que dá ctrl c + ctrl v no texto dos outros. Só que o texto é tão bacana e a mensagem fecha tanto com a correria diária que vivemos, que vale a pena ser lido por vocês. O autor? Paulo Gaefke, sempre antenado com os nossos problemas diários.

Corre, Corre

"Todo trabalho do homem é para a sua boca; e, contudo, nunca se satisfaz o seu apetite" (Eclesiastes 6:7)."


Corre atrás do cheque que está voando.
Corre atrás da prestação da casa, do carro, da escola.
Corre atrás do crédito do celular, do cartão de crédito estourado.
Corre atrás do emprego melhor.
Corre atrás do amor feito ás pressas.
Corre atrás do peso que precisa perder.
Corre atrás da palavra que foi mal - dita,
Corre...corre...corre...

Correr para onde?
Qual o sentido de tamanha loucura?
Você conhece a sua família?
Lembra das datas de aniversário de cada um dos entes queridos?
Ainda se lembra do seu aniversário?
Você se viu no espelho essa manhã?
Reparou na cor dos seus cabelos?
Que cor está o céu agora?
Que cor é a sua roupa intima de hoje?
O que você comeu no almoço de domingo?
Correr para onde?

Desacelere-se!
Reveja prioridades.
Desfaça-se do que não for realmente útil e interessante.
Dois ou três celulares?
Dois ou três carros?
Dois amores?
Dois medos?
7 dias de trabalho?
23 horas de estresse puro?
Você ainda vive?

É o momento de parar e refletir:
Onde você quer chegar?
Será que é preciso toda essa loucura?
Tempo de reflexão...será que você tem tempo para pensar?
Se puder, pense em você, como quem merece atenção,
admiração, carinho, serenidade, e principalmente:
respeito!
Pense...não vá na enxurrada do mundo,
fique sobre as ondas, ainda que apenas boiando...
_____
Muito Bom, é o tipo de mensagem que nos leva a pensar para mudar o foco da nossa vida.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Porque sei que é amor?

eu não peço nada em troca...♫

Como é bom estar com o coração bem ocupado né? Principalmente quando é correspondido... Não é o meu caso, infelizmente, até porque não me declarei para ela (mesmo se declarasse, não sei se faria diferença).

Mesmo assim é bom poder sonhar, fazer planos futuros e gostar de alguém. É interessante como nos preocupamos com esta pessoa até mais do que conosco. A Pitty sabe disso ao dizer que "As vezes que eu me distraio e se não me vigio num instante, me transporto pra perto de você..."

Neste misto de sentimentos, a Vanessa da Mata faz um questionamento: "Como pode ser gostar de alguém e esse tal alguém não ser seu?" Não é nada legal quando se deseja uma pessoa e ela ser de outro. É claro que não. Porém, quando desejamos alguém e esta pessoa não é de ninguém, é mais tranquilo. Ficamos bobalhões, felizes, apaixonados, enfim.

O grupo Inimigos da HP entendeu bem este sentimento, ao dizer que "Estar apaixonado pode ser muito engraçado, a gente fica sem noção". A Claudia Leite compreendeu e completou "Coração apaixonado é bobo, um sorriso seu ele se derrete todo..." e por isso "Só fico pensando em você e é sem querer, você não sai da minha cabeça mais".

Os cantores brasileiros sabem bem o que é o sentimento de paixão e a palavra amor. Não é a toa que 90% (penso eu) das canções falam sobre isto. São inúmeras idas e vindas neste sentimento louco que domina a gente. São raras as pessoas que sentem isto por uma só pessoa durante toda a vida. Hoje gostamos de alguém, amanhã de outra e assim vai, porque a natureza humana não é fácil. Roberta Miranda confessou isto, quando disse que "Em meu coração, os amores vem e vão. Quando pude escolher, me cansei de perder...".

E quando desejamos muito estar com ela, mas sabemos que no presente não vai ser possível, o Armandinho canta uma música que nos conforta. "Talvez não seja nessa vida ainda, mas você ainda vai ser a minha vida". E quando isso acontecer, ele completa o desfecho na mesma canção. "Então a gente vai fugir pro mar, eu pedir pra te namorar. Você vai me dizer que vai pensar, mas no fim... vai deixar".

Depois de ficarmos juntos com quem sempre desejamos, como saber se o sentimento por aquela pessoa é amor e não outra coisa passageira? Isto só o tempo vai dizer, mas o Titãs deixou a dica. "Porque sei que é amor? Eu não peço nada em troca. Porque sei que é amor? Eu não peço nenhuma prova..."

Então a vida segue, pois temos sede de ser feliz e para que isto aconteça, precisamos de alguém no mundo. Como disse o Toquinho "Pra gente ser feliz, tem que cultivar as nossas amizades, os amigos de verdade. Pra gente ser feliz, tem que mergulhar na própria fantasia da nossa liberdade..." :)

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Voar voar, subir subir... ♫

Vagando pela internet, encontrei este vídeo de uns jovens aprendendo a voar com o gás hélio. Por que não né? Não falta mais nada pra criatividade humana.



Voar voar, subir subir... ♫

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Serviços de SMS Oportunistas

Salve, salve galerinha que me espia diariamente. Tenho vocês como parte de uma grande família virtual, onde não nos conhecemos pessoalmente (alguns até sim), mas trocamos ideias, compartilhamos sentimentos e um visita o outro pra saber o que se passa? Qual é a angústia que os aflinge e o que aconteceu de interessante para contar?

Já que vocês (40 visitantes diários) fazem parte deste ciclo familiar de blogueiros seletos, vou contar uma coisa: COMPREI UM CELULAR NOVO (emoticon com cara de óhhhhh e o kiko?). Sim, eu sei que não é grande coisa para vocês, mas pra mim é. Poxa galera, sou cliente da Claro há sete anos e nestes sete anos estava com o mesmo aparelho, ninguém merece. Até que um dia ele parou de falar e então mandei buscar um novo (via mercado livre).

O chato disso tudo é que perdi alguns contatos que não estavam armazenados no chip (carinha de triste). Várias pessoas que eu falava nos tempos de escola e outras que me fizeram bem por um determinado tempo, não tenho mais o número.

É triste, mas por um lado é bom. As vezes é preciso renovar - deixar os contatos que se perderam no tempo - e valorizar quem faz o nosso dia a dia, que liga, está presente e se preocupa conosco.

Se algum dia um destes contatos que ficaram para trás (e fizeram falta) retornar, terei o maior prazer em restabelecer o diálogo e atualizar o número no meu novo celular. Caso contrário, perde-se em definitivo o contato e ficam as boas lembranças de conversas estabelecidas.

FILIPE, o que tem haver os serviços de SMS oportunistas com os teus contatos perdidos? Nada minha gente, só para dizer que troquei de celular mesmo hehehe (Oi?).

Então, já que era para atualizar o meu celular, avacalhei. Peguei um bem bonito com espaço pra DOIS chips. O que fiz com o novo espaço? Adquiri um chip da Tim e agora posso falar de graça com TODOS os meus amigos, pois eu era o único que só tinha Claro :(

E aí que mora o problema. Neste meu novo número (que é tão bonito e fácil de gravar) começei a receber mensagens (sms) bonitas, engraçadas. Achei muito legal e até pensei: "Quem será a pessoa que gosta tanto de mim pra ter o meu número novo e enviar estes recadinhos?" Infelizmente esta pessoa se chamava NINGUÉM.

Trata-se de um daqueles serviços de SMS que pegam o nosso número, enviam recados e nós pagamos por isso. Mas como fui cair numa armadilha desta no número que recém ativei na Tim? R: SDS (só Deus sabe). O que vi é que, esta brincadeira divertida, me deixou EXTREMAMENTE mal humorado quando vi mais de R$ 2 em créditos consumidos.

Cancelei este serviço de porcaria e, por ser cliente novo na Tim, não quis ser chato em reclamar. Sabe qual foi a última mensagem que eles me mandaram? Veja só: "Adolescentes são pessoas que viram crianças quando não os tratam como adultos".

É pra rir ou pra chorar? Quem fez isto comigo deve ser um adulto com mente de criança e que nunca saiu da adolescência. #prontofalei

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

O Brasil que fica para trás

O nosso país tem um dos hinos nacionais mais lindos do mundo. Somos suspeitos em falar (porque moramos aqui), mas cada vez que ele toca em algum lugar, o nosso orgulho de ser brasileiro vai lá no alto (menos quando a Vanusa canta) e mostramos ao mundo o quanto gostamos do nosso país (embora dentro do Brasil esquecemos de demonstrar isto).

Como diz o hino: "Gigante pela própria natureza", o nosso Brasil tem uma extensão territorial de 8.511.965 km2, sendo o quinto país mais extenso do mundo (fonte: IBGE). Devido ao tamanho, possuímos três fusos horários. O horário oficial de Brasília que abrange o centro do país até os estados da costa leste que tem fronteira com o oceano.

Temos (também) o horário da Amazônia com 1h a menos que as outras regiões e que abrange os estados do norte e alguma parte do centro-oeste. E o Acre (que está lá no extremo do Brasil) com 2h a menos que o horário de Brasília.

Nesta quinta-feira (3) assisti um dos melhores programas da atual televisão brasileira. O Por Toda a Minha Vida - da Rede Globo - que trouxe um especial sobre o Raul Seixas. O programa dispensa comentários, apresentado pela bela Fernanda Lima, a atração aprofunda à biografia do artista que já faleceu para mostrar como ele era, como foi a trajetória, as músicas que fizeram sucesso e marcaram época.

Após o término do programa (perto da meia-noite) a insônia me visitou, então fui para o Twitter interagir com os outros (sem sonos) e comentar sobre este especial com quem assistiu. O legal do Twitter é isto: todos falam ao mesmo tempo, trocam ideias e interagem. E numa destas atualizações, li o que a Josi Silva escreveu.


Intrigado, perguntei para ela:



E ela respondeu:

Então questionei:


E ela concordou:

É... uma parte do Brasil fica para trás (pena)

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

O que fazer com o carro velho?

O ser humano é filho do @OCriador (apesar de muitos não acreditarem), então deve ser este o motivo que o faz criar novas coisas a cada momento.

Acredito que ninguém tem a capacidade de se adaptar e criar novos espaços, como o ser humano. Basta olhar nos jornais, sites, emails e por ai afora as inúmeras novidades criadas pelas pessoas com algumas úteis, e outras nem tanto.

A criação de hoje deveria servir de inspiração aos ferros velhos que estão cheio de entulhos e sucatas. O que fazer com aquele carro velho sem serventia?

Que tal uma casinha de cachorro?

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

É preciso mudar de foco

Já contei o quanto gosto de conversar com pessoas sábias, de bem com a vida e legais? Principalmente se elas souberem mesclar o humor com a sabedoria, onde o papo flui, as horas passam e a gente nem percebe.

Somos todos um pouco guardiões uns dos outros, principalmente nesta rede fria da internet. Há momentos em que as pessoas nos procuram e puxam o papo lá do tempo do epa, porque necessitam de atenção. Estão carentes e querem conversar, ouvir uma palavra amiga, algo que impulsione a seguir em frente.

Em outros momentos, somos nós que estamos com o tédio ligado em "mode ON" e tudo está chato. Viver não tem o mesmo sabor de outros momentos, então buscamos nas outras pessoas o ombro amigo e as palavras certas para nos animar naquele instante. O contato pode ser pessoal ou virtual por MSN, Orkut, Facebook, Twitter, Blog ou até mesmo por email.

E foi por email que, entre tantas bobagens e spams, recebi uma mensagem do Lourival Lopes. Nem sei o que faz da vida, como vive, onde mora, etc... mas foi a mensagem dele que me fez enxergar melhor esta semana que não foi das melhores pra mim. Vou compartilhar o que Lopes aconselhou algumas pessoas através do email.


Não se lastime.
Os outros nem sempre têm ouvidos para ouvir lamúrias.
Eles já têm que carregar a si mesmos, o que é bastante.
Ademais, o lamento é apenas fruto do exame negativo da situação.
Se o exame for positivo, ela se torna outra.
Cada interpretação estampa o campo íntimo de quem a faz.
Mudando-se este, aquela muda.
Não se angustie ante a vida ou mesmo por alguns fatos.
Veja tudo com ânimo e esperança.
As coisas mudam.
Faça apenas relatos agradáveis.
Nada vem do mal para quem só vê o bem.
Se você põe alegrias dentro de si, não deixa a tristeza entrar.


Graças a Deus que o final de semana já está chegando, pois preciso de descanso e mudar o meu foco. Ao menos por hoje, parei de reclamar e esperar pelo próximo. Todos tem problemas e, às vezes, não querem saber de mais um (que é o nosso). Ninguém vive só (isso é fato), mas a felicidade pode estar mais conosco do que na outra pessoa.

Desejo um bom final de semana aos meus 40 visitantes (fixos) diários. E se precisarem de alguém para dialogar e ajudar dentro do possível, contem comigo!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Segurei para não rir

Todos sabem que qualquer queda sofrida por um idoso, o problema torna-se maior e inspira cuidados. Recebi esta imagem que mostra um senhor caindo na escada. Juro que segurei para não rir... (Clica na imagem para assistir o tombo)

e não consegui =/

sábado, 21 de novembro de 2009

Do que você tem medo?

Liguei o rádio na Atlântida FM e a música rolava solta fazendo um questionamento pra mim. "Qual é o teu segredo? Do que você tem medo? Não sou nenhum brinquedo que pode se quebrar..."

Essa música do Reação em Cadeia é antiga e fez muito sucesso em alguns verões atrás, mas o questionamento é atual. Do que temos medo? Não sei de vocês (meus poucos e fiéis visitantes), mas eu tenho medo de várias coisas e acredito que todos vocês também.

Quem é que não tem medo de amar e não ser correspondido? Quem é que não tem medo de ficar desempregado e passar fome? Quem é que não tem medo de ser sozinho neste mundo? Ou então, quem é que não tem medo de perder a mãe, pai, filhos - ou outro alguém que você ama - de forma tão precoce nesta vida?

Estes foram alguns exemplos de medo que TODOS nós humanos carregamos. São os medos fixos e que acompanham a gente por toda a vida, uns de forma mais intensa e outros menos. Depois vêm os medos secundários (aquele que é muito particular da pessoa). Alguns têm medo de viajar de avião, outros têm medo de tomar banho de mar e inúmeras mulheres têm medo de baratas, enfim.

O meu medo no presente (nossa vida passa por várias fases e ele vai trocando) é da ansiedade. Descobri que a ansiedade é capaz de matar uma pessoa, se não for controlada. Explico: Esta semana minha mãe fez uma cirurgia delicada, que inúmeras pessoas não saíram do hospital depois dela (não cabe aqui dizer qual é). Porém, com os avanços da medicina, esta cirurgia se tornou mais simples e o percentual de problemas com o paciente é baixo. E quem disse que isto me tranquilizou?

Enquanto o dia da cirurgia não chegava, a minha mente não trabalhava direito. Foram inúmeras noites em claro, alimentos mal digeridos e cansaço mental por causa desta ansiedade excedente que gera preocupação. Nossa mente é capaz de projetar grandes monstros.

Escondi dos outros, o que se passava comigo (bem o meu tipinho de guardar os sentimentos e não deixar transparecer) e a minha preocupação disparava nas alturas. Depositei toda a minha fé de que iria dar certo, mas o mal insistia em plantar a semente do: "e se der errado? Como seria a minha vida sem a mãe, minha base e o meu tudo?"

A cirurgia ocorreu de forma bem tranquila, a mãe já recebeu alta do hospital e está em casa com uma boa recuperação e todos os devidos cuidados (Graças a DEUS). E eu que sofri por antecedência? Ganhei alguma gastrite, olheiras e outros pequenos problemas decorrentes desta expectativa.

Um dia buscarei algum tratamento para amenizar a ansiedade que carrego comigo em todos os aspectos (se eu não conseguir controlar ela, claro). Vivenciei o medo do desconhecido que insistia em me abater. Amigos próximos sabiam que eu não estava no meu normal.

Fiquei mais tranquilo só quando abri o jogo para uma amiga que passou pela mesma situação da minha mãe. Ela foi uma iluminada e me tranquilizou, só então questionei o porquê não tinha falado com ela há mais tempo? Por que guardei comigo algo que poderia ter sido compartilhado e acalmado esta minha ansiedade EXTREMA de preocupação?

Eis o problema... temos medo, guardamos conosco e sofremos. Perdemos ótimas oportunidades pelo simples medo de tentar. Citei o exemplo do meu medo existente na ansiedade e os problemas acarretados por ela.

Não é apenas na área da saúde que o medo atua e deixa a pessoa sem viver por completo. Quantas pessoas estão casadas com alguém que não ama de verdade e são infelizes? Encontraram a alma gêmea no passado e perderam pelo simples medo de tentar e não dar certo.

O medo sempre vai existir, mas não devemos fazer com que ele tome as rédeas de nossa vida. Quem ama tem medo de perder a pessoa em questão. Precisamos viver mais sem se preocupar com o amanhã. Não adianta estar no presente e viver pelo futuro (que ainda não chegou e que nem sabe se vai chegar).

É fácil? Nem um pouco, pois a vida é movida por sentimentos e estes são bem complexos para traçar uma sequência lógica. Mas uma coisa é certa: Independente do nível de relacionamento com a pessoa amada (pais, amigos, namoradas (os), parentes...) não devemos deixar que o medo impeça de demonstrar o quanto amamos estas pessoas, antes que possa "ser muito tarde pra voltar atrás".


quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Como é feito a etiqueta da Lacoste?

Quem é que não tem (eu não tenho) ou ainda não esbarrou com alguém que usa camisetas da Lacoste, aquela famosa que leva um símbolo de um jacarezinho? (Beleza, sempre tem alguém que nunca viu e não sabe nem o que é).

Além de bonitas, elas são comercializadas desde um custo acessível, até para quem tem um bolso bem fundo cheio de verdinhas.

Recebi um email genial do Rafael (valeu cara), que mostra como o animal é colocado na etiqueta da Lacoste. Este vídeo foi produzido lá naquelas bandas de quem tem olhinhos puxados e escreve desenhando (China / Japão / Coréia...), veja só.

video

Mister M é um nada perto desse cara

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Do choro da Madonna, eu quero uns 500

Uma vez assisti um documentário que falava sobre o poder da atração (O Segred0), e dizia que pensamentos se materializam em coisas. Tirando vários pontos que discordei da apresentação dos autores, uma coisa eles tem razão: Pensar positivo => leva a reações positivas.

É a única explicação lógica que vejo para quem tem dinheiro, ficar cada vez mais rico. É o poder da grandiosidade, pensar sem esbarrar nos limites das finanças e investir sem medo para ter o retorno depois. Temos como exemplo a cantora Madonna, que ficou uns dias de novembro no Brasil, trouxe Luz à tira colo e encontrou o país num apagão.

A pop star foi embora com R$ 10 milhões a mais na conta bancária (que, segundo Madonna, será aplicada em obras sociais). Deste total, R$ 7 milhões vieram do empresário mais rico do Brasil, Eike Batista.

Quantas pessoas e instituições - que desempenham um lindo trabalho neste país - lutam para conseguir 10% deste recurso? Quantos realizam obras sociais fantásticas por aqui, com menos de 1% do que ela ganhou? E por que estas pessoas não conseguem doações com a mesma facilidade de Madonna?

É claro que a resposta é óbvia: Porque não dá mídia, não são famosos e nem bem ($$) de vida.

É por não ser deste jeito, que estas pessoas e instituições filantrópicas mereciam ganhar vastos recursos do governo e de grandes empresários. Um agravante neste caso: a pessoa simples - quando solicita apoio para financiar projetos - já vai com o pensamento de que ninguém vai colaborar.

Já a cantora (que é rica e famosa) não tem este tipo de pensamento e foca a mente em coisas boas, em mais verba, entre outros... e não fica difícil para ela levantar os recursos necessários.

Assim acontece com outros famosos. São sempre presenteados com carros 0km, viagens, relógios, camisetas... mesmo sem precisar. Eles ganham estas cortesias porque tem o pensamento livre da falta de recursos e ganham mídia quando estas coisas acontecem, o que fortalece a marca que forneceu o "mimo".

Quando o empresário Eike Batista anunciou a doação de R$ 7 milhões para o projeto social da Madonna, ela chorou. Mas k-entre-nós: Quem não choraria ao ganhar 1/7 deste valor?

Do choro da Madonna, eu quero uns 500


E como disse @OCriador

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Bem Feito!

Tenho uma bronca quando esbarro pelas ruas da vida com motoqueiros que, ao invés de andar sobre duas rodas (que já é pouco), andam com uma só se achando os malandrões. Além de correr o risco de se machucar, eles colocam a vida de outras pessoas em risco, pois - se aparecer alguem inesperado - o motoqueiro não vai conseguir segurar e evitar o impacto.

Minha carteira de motorista é AB, mas só uso o lado B, porque nunca me adaptei à motos. Acho extremamente perigoso, além transitar na rua em desvantagem. Basta cair uma chuvinha para o coitado do motoqueiro se molhar. Se acontece um acidente entre carro e moto, nem é preciso lembrar quem fica na pior.

Vou confessar uma coisa: Sempre que vejo um motoqueiro andando sobre - apenas - uma roda (palhaço), torço que aconteça com ele o mesmo deste vídeo, que recebi do Leandro (valeu cara).

video

Bem Feito!

Já este motoqueiro do vídeo abaixo (simples trabalhador), fiquei com pena pelo acidente. Só espero que não tenha se machucado.

video

Acho que ele escutava aquela música: "Ando meio desligado..."

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Jornalismo no Twitter

Que a minha vida está bem corrida, e estou quase sem tempo para escrever textos pro blog e dialogar com vocês, meus milhares de leitores (30), não é novidade... já falei isso em mais de 10 postagens.

Porém, uma ferramenta BEM BOA para manter a vida virtual atualizada é o Twitter, e estou por lá todos os dias. Então, quando sentirem falta das minhas atualizações por aqui - enquanto minha vida não volta ao normal - já sabem onde podem me achar (haha, ninguém vai lá me procurar, beleza).

O Twitter é uma ferramenta rápida de comunicação, com textos de até 140 caracteres e blablabla... Vários jornalistas interagem por lá (com ou sem erros de português), e um dos que mais gosto de ler é o @hqexperimental, do site Quadrinhos Gonzo. Vamos ver o que eles andam tuítando (obs: clica na figura para ampliar).

Excelentes [2]

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Assalto no Cemitério

A notícia que gerou uma certa apreensão nesta terça-feira (10/11), veio do site Engeplus

Graças a Deus que ninguém reagiu

sábado, 7 de novembro de 2009

Problemas que ofuscam o Brilho da Vida

Viver bem é saber administrar os problemas. Estou passando por este dilema, pois não vivo bem com os inúmeros problemas - de todos os tipos - que não consigo administrar e que não vale a pena ser mencionado aqui.

Por não conseguir resolver as situações pendentes que me incomodam e dão problemas, a vida fica sem graça. Meu agravante: Sou extremamente ansioso, o que agrava qualquer situação fora do meu controle e que não me deixa tranqüilo enquanto não ver no seu devido lugar (resolvido).

Enquanto o que espero não acontece, estes problemas ofuscam o brilho de viver. Nada que faço - que outrora fornecia uma sensação de alegria e bem estar - tem o mesmo sentido, a mesma pulsação e adrenalina.

Tenho saudades da inocência contida na infância. Saudades de me tornar plenamente feliz com as coisas simples da vida. Quando criança, tudo era tão divertido. Um simples banho, poderia se tornar altas aventuras. Um copo de água com detergente era o ingrediente necessário para se divertir a tarde toda com as bolinhas de sabão. Um desenho preto e branco, e um lápis de cor, era o necessário para me fazer viajar no mundo da imaginação ao colori-los.

Que saudades... IMENSA. E pensar que, quando criança, havia tanta pressa para crescer, ser adulto e independente. Para quê? Queria saber como era viver sem precisar ir à escola, fazer as tarefas, resolver os problemas de matemática e ter que estudar bastante para não reprovar em nenhuma matéria. (coitado)

Então cresci, me formei no colégio, na faculdade e os problemas continuam surgindo e com fórmulas mais complexas que aquelas do X e Y, porque são problemas da vida real. O ser humano é complexo demais, perto da lógica existente na matemática.

A agenda está lá, com as páginas marcadas para resolver os problemas 1, 2 e 3. Quando consigo resolver estas etapas, encontro na fila de espera os problemas 4, 5, 6, 7, 8 e 9... Mais como?

Tenho certeza que não acontece só comigo e me pergunto: Quando vai chegar o dia, onde todos poderão viver plenamente o presente apreciando as coisas simples da vida - igual às crianças - sem ter em pensamento, os problemas pendentes “martelando” na cabeça que não têm solução imediata?

Agora entendo aquela canção do Fundo de Quintal, chamada Nosso Grito
♫ Êta vida, êta vida de cão. A gente ri, a gente chora, a gente abre o coração... ♫

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Preciso URGENTE de Cartomante/Vidente

Procura-se com URGÊNCIA de Cartomante ou Vidente. Pago muito bem!

Telefone: (adivinhe)

Vamos ver quem é o verdadeiro vidente ou cartomante

Ri ALTO quando li isso no jornal

sábado, 31 de outubro de 2009

Eu me afogava

Esse mundo é louco galera. Quem navega pela net e costuma abrir os emails, sabe que sempre tem alguém que inventa algo inusitado em alguma parte do planeta. O que publico hoje veio da Áustria, confira.

Áustria - Quem mijar na piscina, apanha

Por cerca de R$ 360, é possível nadar por duas horas na ‘gelada’. Segundo donos, cerveja limpa a pele e ajuda a cicatrizar feridas.

Visitantes relaxam na piscina de cerveja oferecida por fabricante na Áustria. Por 135 euros, o equivalente a cerca de R$ 360, é possível nadar por duas horas na cerveja, fabricada no local.

O spa oferece 7 piscinas, todas preenchidas com cerveja. O líquido é trocado a cada sessão. De acordo com os proprietários, o banho de cerveja limpa a pele, ajuda a cicatrizar feridas e combate doenças.

Sei não, mas com uma piscina desta eu me afogava!

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

O que há na camisa do Presidente da Casan?

xA imagem abaixo foi publicada no site Circulando do Ricardo Lopes, dia 24/10/2009. A foto mostra o Presidente da Casan, Walmor de Luca.

Nada anormal, se não fosse à mancha visível logo abaixo do braço dele. O que será?


a) Uma vertente de água

b) Um tsunami de suór

c) Última moda em Paris

d) Excesso de Rexona

e) Vazamento da Casan


Ps: Não leve a mal, presidente. É compreensível que a correria diária dá esta canseira.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Boa desculpa, Ricardão

Quarta-feira é conhecida como o tradicional "dia do sofá" para os casais em geral. Para quem não dá assistência e nem importância para a pessoa amada, abre as portas para a concorrência.

Recebi um vídeo hilário de um marido que chega em casa, abre a porta do guarda-roupa e dá de cara com o "Ricardão" (vulgo amante da esposa). O que chamou atenção foi a desculpa que o amante contou para o marido. O vídeo foi produzido para divulgar a programação do Canal + da França e vale a pena ser assistido.

video

Esse Ricardão sabe mentir haha!

sábado, 24 de outubro de 2009

Visa e Mastercard deveriam se inspirar em SC

A boa notícia da semana para os pobres endividados (literalmente), veio do Governo de Santa Catarina, que anúnciou o perdão de até R$ 5 mil dos contribuíntes que estão com as calças apertadas e devendo nos impostos de ICMS, IPVA e ITCMD — que incide sobre heranças e doações.

A justificativa do governo é que com o perdão destas dívidas - que estão em processos de 1971 até 2007 - o estado vai economizar nos trâmites burocráticos com a justiça, que tem um custo maior do que a soma total que o governo poderia arrecadar com as ações.

É claro que o povo de bem (que honra com seus compromissos em dia e tem dinheiro), reclamou. Eles retiraram parte dos seus ganhos e pagaram em dia os impostos, para depois ver o governo passando a mão na cabeça dos devedores e perdoando suas dívidas de até R$ 5 mil.

Não tenho opinião formada sobre esta ação adotada por Santa Catarina (meu estado), se sou contra ou a favor. Não devo nenhum destes impostos, então não serei beneficiado. MAS... pensando aqui num Negócio da China... pensando em algo generoso nos moldes desta campanha e já que estamos nos aproximando do natal... Por quê os cartões Visa e Mastercard não fazem a mesma coisa? (rindo por dentro)

É óbvio que estes cartões são de empresas privadas que só visam o lucro, mas bem que poderiam sortear alguns de seus clientes (que também estão com as calças apertadas), para perdoar alguma dívida né? A ideia é louca, mas é das loucuras que surgem os grandes negócios.

Se algum diretor da Visa (no meu caso), adotasse uma promoção destas e desse um de Papai Noel, eu seria um dos primeiros a participar hehehe (Devo não nego, e pago quando poder). O problema é os juros abusivos aplicados para quem não pode pagar o valor total da fatura. Quem já se ferrou com cartões, sabe bem o que estou falando. Mas como tudo nessa vida passa, daqui a pouco colocamos tudo em dia também (assim seja, amém).

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Quero uma gata assim!

Olá caros visitantes deste relaxado blogueiro!

Publico hoje um vídeo BEM interessante para quem tem animais domésticos. Olha só que gata mais esperta. A dona nem precisa se preocupar com o mau cheiro pela casa...

Se ficou curioso, aperta no Play

video

Quero uma gata assim!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Desabafo de uma Placa de Trânsito

Fiquei uma semana sem atualizar o blog, uhullll \o/
Sinal que estou perdendo o vício da internet? Nem um pouco...
Isto é sinal de que eu não estou conseguindo administrar bem o meu tempo, isso sim!

Entretanto, não vou ficar lamentando de novo (como fiz nos últimos posts) sobre a minha falta de tempo, e de como eu queria atualizar o blog diariamente, visitar todos vocês e comentar nos textos de cada um. Nemm... isto é passado. Foi a primeira vez, mas não será a última que o blog enfrentará momentos de tédio (pausa).

Hoje, quem veio reclamar aqui é uma placa de trânsito (como é que é??). Isso mesmo, não lesse errado. As placas de trânsito estão abafadas e uma resolveu desabafar. Acompanhe a leitura desta excelente crônica do escritor Rubens da Cunha.


DESABAFO DE UMA PLACA DE TRÂNSITO

Eu sou uma feliz placa de trânsito. Quer dizer, eu era uma feliz placa de trânsito. Quer dizer, continuo sendo placa, mas não tão feliz.

Eu sou a Proibido Estacionar, muito prazer. Essa é a única coisa que eu consigo falar para as pessoas: “Proibido estacionar”.

Antes, me compreendiam, viam-me, e sabiam que por ali perto de mim não poderia estacionar. Era óbvio e a obviedade obviamente fazia a minha felicidade. Desculpe-me, às vezes exagero nas repetições. É o hábito de uma vida inteira repetindo: “Não estacione”.

Mas, ultimamente, não sei bem o que tem acontecido. De repente, começaram: uma paradinha de leve. Depois, mais tempo, mas o motorista ainda ficava dentro do carro. Depois, só uma saidinha, mas com o vidro aberto, tipo para indicar que era uma urgência, ou coisa assim.

Agora não, agora eles até ligam o alarme, trancam tudo e vão embora. Ou seja, deixam-me muda. Eu já nem existo mais, estou ali como enfeite. Um ou outro recebe uma multa, reclama, sai xingando, achando que tem razão, mas de nada adianta. Parece que eles tão brotando do chão, logo em seguida vem outro, liga o alarme do carro e vai.

Eu grito, peço por favor, imploro, aviso do perigo de ser multado e nada, eu já não existo. Eu tenho uma prima que é bem mais nervosa do que eu, a Proibido Estacionar e Parar. Essa, sim, mandava bem mais que eu, com ela não tinha conversa. Não tinha, que fique bem claro. Esses dias, a coitadinha tava acabada. Perguntei por que e ela disse que eles pararam em fila dupla bem no lado dela.

Quer dizer, parar é pouco, eles estacionaram, um do ladinho do outro. E ela ali, gritando a todos pulmões que não poderia nem parar, quanto menos estacionar. Nada, ela também já não existia. O pior foi toda a fila que se formou, todo o caos que aconteceu e o quanto riram dela. Tipo, até gritaram que ela não mandava mais nada, que tinha de ser jogada fora. Maldade com a coitadinha, anos de serviços prestados, e agora isso, tanto ela quanto eu ignoradas por muita gente.

A minha reclamação é que não é mais um ou outro atrevidinho que tá fazendo isso, é muita gente. Eu sei que está cada vez mais difícil ter carro e andar na cidade, mas se deixarem de obedecer a mim e a as minhas companheiras de trabalho, a coisa toda degringola de vez.

Enfim, uma vez pararam aqui embaixo de mim dois homens e um deles contou a seguinte piada: que era preciso tomar cuidado com os chineses, pois onde tem um buraco eles abrem um mercado. Não estou falando mal dos chineses, eu acho que eles estão certos. Errados estão os motoristas que onde tem uma vaga, um buraco qualquer, mesmo que seja em lugar proibido, mesmo que vá atrapalhar centenas de pessoas, estacionam e ficam, mesmo que eu e todas as outras placas e sinais de trânsito gritemos o contrário. É a barbárie chegando.

Eu vim aqui só desabafar e avisar mais uma vez: algo tem de ser feito, pois, caso contrário, eu vou perder a utilidade. Já tem certas horas que fica todo mundo estacionado mesmo. Fica a dica.
__________
Hahaha, genial. Parabéns Cunha!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Ser sincero ou falso? Eis a questão

Ouço muita reclamação de como este mundo está cheio de pessoas falsas. As pessoas torcem para que os outros sejam mais sinceros, que falem a verdade na cara e doa a quem doer. Jogo neste time, mas aprendi que não dá para viver sendo 100% sincero. Os nossos colegas não aguentariam ouvir tudo que pensamos sobre eles e a mesma coisa acontece conosco. Quem se sentiria bem, depois de ouvir tudo de ruim que pensam a nosso respeito?

Quem me conhece, sabe que sou muito espontâneo e sincero. Falo mesmo e já demonstrei minha opinião (diversas vezes) até nas horas mais impróprias. Já fui pior, aprendi a me controlar com a orientação que recebi de terceiros. Descobri que há verdades que são melhores quando ocultadas.

Há muita gente que prega a famosa frase: "Me machuque com a pior verdade, mas me conte". Experimente falar para uma dessas pessoas, que ela já comeu demais e que é hora de fazer uma dieta... que é para dar o Sonho de Valsa - que ela acabou de comprar - ao próximo. Ela vai te excomungar, sem dúvidas.

Assim acontece quando falamos para alguém sobre traição. Em 90% dos casos, nós viramos o vilão da história quando, na verdade, só queríamos abrir os olhos da pessoa que gostamos. Outro caso em que 100% de sinceridade pega mal, é nos casamentos. Veja só se toda fotógrafa resolve selecionar as pessoas com muita sinceridade, na hora de fotografar.

video

Sinceridade: Use com moderação!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Sinto vergonha por outras pessoas

Alguém pode me explicar por que o ser humano tem a capacidade de inventar músicas e vídeos cada vez mais toscos e bizarros? Aonde foi parar a v-e-r-g-o-n-h-a?

Caraca galera, hoje me apresentaram um vídeo que foge do cúmulo do ridículo (exceto pelo corpo das dançarinas). Mais de 40 mil usuários tiveram a mesma infelicidade de esbarrar com este vídeo. Se você não assistiu, entre para clube e assista o MC Xoxota.


Tem hora que sinto vergonha por outras pessoas

sábado, 3 de outubro de 2009

É difícil manter a vida digital atualizada

Twitter, MSN, Blog, Facebook, YouTube, Orkut, e-mail... faz as contas ai, caro visitante, quantas redes de interatividade mantemos e precisamos deixar constantemente atualizadas? Pelas minhas contas, há muitas. Citei as mais famosinhas no Brasil mas, há pessoas que mantem o dobro destes sites atualizados.

Contei isso porque fiquei sem tempo para atualizar este espaço aqui. A minha vida real teve um aumento de quantidade de coisas para fazer (e isto é bom), e acabei sem tempo para escrever neste espaço que tanto gosto, chamado Blog Assuntos Diversos.

Sinto falta também em ler os espaços dos blogs de vocês e comentar nas postagens. O meu tempo para o mundo de lazer virtual ficou tão curto que eu preciso escolher (nos intervalos de trabalho) qual a rede eu vou acessar e me atualizar das coisas. No twitter tudo é mais fácil, pois são apenas 140 caracteres para mandar um alô. Mas em blogs, é um convite para a gente se expressar um pouco mais (muito mais, na verdade).

Desde que criei este espaço para jogar fora as minhas ideias de girico, nunca deixei tanto tempo sem atualizar. Ele está desde terça sem minha visita (ohh, tadinho) e tudo indica que isso pode acontecer mais vezes com o blog, que ficou sem data fixa para ter uma nova postagem aqui.

Porém, a minha ausência é por um bom motivo. Além de trabalho, estou recebendo convites pra eventos também. Isso que sou pobrinho, não perfumado e sincero. Imaginem só se eu fosse rico, perfumado e falso? Então estaria feito na vida, hehe. O mais interessante deles foi o show da Rita Lee que esteve em Criciúma. Eu sabia que as músicas dela eram boas, mas não imaginava que o show era TÃO bom. Até fiz uns videozinhos, clique aqui caso queiras ver uma apresentação.

E ontem festei, hoje trabalhei, agora vou a um aniversário e amanhã tem outro evento que vai me deixar dois períodos fora de casa. Massa né? Mas não é sempre que isso acontece, então vou surfar nessa onda boa de acontecimentos da vida real e a minha vida virtual que espere um pouco, para eu poder atualizar as coisas na medida do possível :)

terça-feira, 29 de setembro de 2009

ACORDE! Uma pausa para reflexão

Deixa eu assoprar um pouco da poeira acumulada aqui no Blog, em virtude a falta de tempo pra atualizar diariamente. Gosto muito de visitar todos vocês (meus seguidores) e acho massa ler o que cada um escreve. Considero o blog como um diário aberto, onde conhecemos melhor as pessoas no seu modo de ser, pensar e agir.

Meu corpo tem trabalhado muito fisicamente nos últimos dias (insira sua piada aqui), indo a reuniões, encontros, cobertura de eventos, etc. Porém, a minha mente está um pouco fora do ar. Estou planejando o futuro, matutando como mudar de vida e o meu presente fica abalado. E isto está errado, pois só tem um futuro bom quem vive intensamente o presente. Mas são fases da vida que passam, e daqui a pouco tudo há de voltar para o seu devido lugar (tomara).

Nestes envios e recebimentos de emails na internet, recebi um texto do Paulo Roberto Gaefke que caiu como uma luva para mim. As vezes é hora de dar uma pausa nesta rotina frenética para repensar o que vamos querer para o futuro. Se pensas como eu, siga adiante lendo este belo texto do Gaefke que compartilho no Blog.

Acordar

Você sabe o que significa a palavra "acordar"?
Vamos fazer uma brincadeira e separar em sílabas da palavra acordar:
A-cor-dar. Viu?
Significa dar a cor, colocar o coração em tudo que faz.
Existem pessoas que acordam às 6h da tarde. É isso mesmo!
Pela manhã caem da cama, são jogadas da cama, mas passam o dia todo dormindo.
E existem alguns, acredite, que passam a vida toda e não conseguem acordar.
Eu tive um amigo que acordou aos 54 anos de idade.
Ele me disse:
- Descobri que estou na profissão errada!
E ele já estava se aposentando...
Imagine o trauma que esse amigo criou para si, para os colegas de trabalho, para a sua família!
Foi infeliz durante toda sua vida profissional porque simplesmente não "acordou".
Eu, na época, era muito jovem, mas compreendi bem o que ele estava me ensinando naquele momento.
Por mais cinzento que possa estar sendo o dia de hoje, ele tem exatamente a cor que dou a ele.
Sabe por quê?
Por que a vida tem a cor que "a gente pinta".
O engraçado é que os dias são todos exclusivos.
Cada dia é um novo dia, ninguém o viveu.
Ele está ali, esperando que eu e você façamos com que ele seja o melhor da nossa vida.
Os meus dias são os mais lindos da face da Terra porque eu os faço ser os mais lindos da face da Terra.
Acredite em você!
O universo é o limite!
Dê a você a oportunidade de "a-cor-dar" todos os dias e compartilhar com os outros o que Deus nos dá de melhor:
o privilégio de ser e fazer os outros felizes.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O Titio é Louco?

A tão esperada SEXTA-FEIRA chegou e estamos na porta do final de semana. Período de descanso para uns e de FESTA para outros (tem coisa melhor?) \0/

Falando em festa, olha que divertida esta que está no vídeo logo abaixo.

Aconteceu em Braço de Norte - SC. Não conheço ninguém no vídeo, mas vejam que povo animado e divertido. Especialmente o titio ali, que figuura... isto sim que é festa onde todo mundo se diverte (ou pela dança, ou pelas cenas apresentadas).

Se alguém souber qual a droga que foi servida aos convidados #EUquero

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Pobre chamando Táxi

Semana corrida e mal tive tempo para postar aqui no Blog. Mas devo agradecer a visita de vocês que, mesmo sem atualização, tem comparecido em massa (50 pessoas) para dar umas espiadas por aqui.

A postagem de hoje é uma tirinha do Pablo Mayer, que mostra um pobre chamando táxi. Pra quê? Vejamos

kkkkkk, também sou pobre e achei um pretexto pra chamar um táxi!

domingo, 20 de setembro de 2009

Pingüim Esperto

Domingo é dia de... GLOBO ECOLOGIA \o/

O vídeo de hoje está circulando pela web e merece um destaque aqui. Um pingüim usa o bote dos cinegrafistas para despistar umas baleias (Free Willy) - que queriam fazer dele, o almoço. Se não visse ainda, assista aqui.

muito esperto :D

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Nunca antes na história deste país...

...tivemos políticos tão burros!

Sim pessoas, e para perceber isto nem é preciso ir muito longe. Resgatem um pouco do histórico dos notíciarios políticos em revistas e jornais e vocês vão verificar que estou com a razão. Nossas autoridades simplesmente Nunca sabem de nada!

Já perceberam que, quando eles estão encurralados por alguma acusação séria, a melhor saída é afirmar que não sabia de nada? Que não estava a par da robalheira que acontecia descaradamente na sua gestão?

O pai político da santa ignorância (burrice) que nunca sabe de nada, começa com o nosso popular presidente da república, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva. O site do estadão resgatou (de forma brilhante) tudo o que o nosso presidente deixou de saber, durante os momentos de crise que enfrentou.

- Em outubro de 2006, durante a crise aérea, o Lula disse que o governo não sabia da gravidade dos problemas na aviação.

- Durante a bomba estourada por Roberto Jefferson, sobre o mensalão no ano de 2005, o Lula disse que "não sabia de nada".

- Em 2006, antes da votação do primeiro turno, a polícia federal prendeu dois membros do PT com R$ 1,7 milhão que seria utilizado na compra de dossiê contra os tucanos. O presidente foi envolvido nos depoimentos para a polícia, mas novamente o Lula não sabia de nada.

- Em junho deste ano, o irmão do presidente - Genival Inácio da Silva - foi indiciado por tráfico de influência para explorar o caça níqueis, na operação Xeque-Mate, e o presidente afirmou que seu irmão estava mais para ingênuo do que para lobista.
....

Isto foi apenas uma palhinha do que o presidente não sabia. Como ele sempre manteve um ótimo índice de aprovação, outra leva de políticos aprendeu com ele e passou a usar a famosa frase: "Não sei de nada".

Na prefeitura de São Paulo, para reduzir gastos, a Secretaria de Educação cortou a refeição nas creches. Mais de 60 mil crianças iriam ficar com uma refeição a menos (sem café ou almoço). A polêmica correu na boca do povo e foi noticiada pela imprensa. O prefeito Gilberto Kassab, se mostrou surpreso com o fato e afirmou que "não sabia desta decisão". Diz ele que pode rever e voltar atrás (tomara que faça isto mesmo).

Em abril deste ano, o delegado federal - Protógenes Queiroz - ganhou passagem de avião dos deputados federais e disse que não sabia que as passagens eram pagas pela Câmara.

Em setembro de 2005, no auge do escândalo do mensalão, o ex-presidente do PT - José Genoíno - disse não saber de nada sobre o que se tratava, e afirmou que não existia caixa dois e nem mensalão (haha, faz-me rir).
_____

E hoje, durante o debate sobre o projeto de lei complementar - que tratava questões sobre a defensoria pública - o senador Arthur Virgílio do PSDB (que também não é flor que se cheire), cobrou do senador Renan Calheiros do PMDB (um traste em forma de gente), o nome do senador que manteve salário do senado para um presidiário. Calheiros não respondeu e a bola passou para o presidente da casa, José Sarney do PMDB (uma fábrica de desvios e corrupção) que afirmou... adivinha? que NÃO SABIA DE NADA!

Minha amiga super antenada @kellenrodrigues, destacou a frase no Twitter

Assistam com seus próprios olhos, clicando na imagem abaixo.

PS: Eles subestimam a inteligência do eleitor brasileiro. Nunca sabem de nada e nem devem saber o que foram fazer em Brasília. Ano que vem é ano de eleição, então vamos RENOVAR. (A internet é a nossa aliada)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso