quinta-feira, 30 de abril de 2009

quarta-feira, 29 de abril de 2009

O Tempo corre contra mim

Me sinto só...
Mas quem é que nunca se sentiu assim
Procurando um caminho pra seguir,
Uma direção - respostas
Um minuto para o fim do mundo,
Toda sua vida em 60 segundos
Uma volta no ponteiro do relógio pra viver

O tempo corre contra mim, sempre foi assim e sempre vai ser...
Vivendo apenas pra vencer a falta que me faz você
De olhos fechados eu tento esconder a dor agora
Por favor entenda, eu preciso ir embora porque...

Quando estou com você
Sinto meu mundo acabar,perco o chão sob os meus pés
Me falta o ar pra respirar
E só de pensar em te perder por um segundo,
Eu sei que isso é o fim do mundo

(Um Minuto Para o Fim do Mundo - CPM 22)

A música é velhinha, mas a letra é o que importa. É justamente como estou sentindo, nesta semana. Sozinho, com o relógio correndo contra mim e com todos os meus planos e projetos sem serem concretizados durante a semana, porque não estou conseguindo dar conta.

Vejo uma lista de coisas para fazer (desde pessoais, até compromissos de trabalhos) e não sei por onde começar. E então as horas voam e eu vejo o dia passar sem ter produzido o quanto gostaria.

Fora os problemas externos que aparecem justamente para nos abater. Estou precisando de conselhos, relaxamento (no sentido de descanso bem longe da minha cidade) e de foco (pra saber dar prioridades naquilo que preciso fazer primeiro).

Ruim querer carregar uma parte do mundo nas costas e ver que psicologicamente e fisicamente não damos conta, né? Mas a vida é assim... tudo são fases. Se o meu bom DEUS quiser, daqui a pouco vejo tudo indo pro seu devido lugar.

Bom resto de semana para todos, que visitam este blog para visualizar qual é o POST do dia. (E o número de acompanhantes aumentou. Já não é mais só a minha mãe e a vó que me visitam, hehe - pelo menos é o que diz a estatística). Até amanhã!

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Eu ODEIO Rodeio

Por estes dias, eu conversava com a minha prima que veio de Curitiba, sobre Assuntos Diversos (até casou com o nome do blog) numa prática ritual em qualquer família, para por o papo em dia e um se atualizar sobre a vida do outro.

Naquele papo vai e papo vem (entre roda de amigos) ela começou a cantarolar uma musiquinha que martelava a cabeça.

"Odeio rodeio e sinto um certo nojo
Quando um sertanejo começa a tocar
Eu sei que é preconceito, mas ninguém é perfeito
Me deixem desabafar..."


Não tive dúvidas e a chamei de louca. Queria saber que música era aquela? Da onde ela desenterrou essa peripécia musical? (óh, to me supreendendo com meu vocabulário)

E ela pra mim. - Tu ainda não ouviu? É do Chico César, vai lá no YouTube e procura a letra deles.

É claro que eu fui olhar, quando cheguei em casa. Me surpreendi com o que ouvi. A letra é ÓTIMA, e o ritmo é daquelas músicas chatas que nos fazem decorar. To cantando até agora e fico me perguntando: Porque a mídia não dá espaço para manifestações deste "naipe"?

Cliquem no link abaixo, para ouvi-la e prestem atenção na letra!
http://www.mp3tube.net/musics/Chico-Cesar-Odeio-Rodeio/131358/

Odeio rodeio e sinto um certo nojo
Quando um sertanejo começa a tocar
Eu sei que é preconceito, mas ninguém é perfeito
Me deixem desabafar

A calça apertada, a loura suada, aquele poeirão
A dupla cantando e um louco gritando “segura peão”

Me tira a calma, me fere a alma, me corta o coração
Se é luxo ou é lixo, quem sabe é bicho que sofre o esporão

É bom pro mercado de disco e de gato, laranja e trator
Mas quem corta a cana não pega na grana, não vê nem a cor
Respeito Barretos, Franca, Rio Preto e todo o interior
Mas não sou texano, a ninguém engano, não me engane, amor

Genial =)

domingo, 26 de abril de 2009

Ver Filmes comendo a Vovózinha fica melhor

Domingo combina com um bom filme né? Só assim pra gente se livrar do Faustão, Eliana, Gugu, Chatos & Cia LTDA.

A dica de hoje é que, independente do filme, esteja acompanhado com a Vovozinha para comê-la. Não entendeu? Veja só!

Quem já experimentou garante: É uma delícia :P

sábado, 25 de abril de 2009

Adolescente se alimenta apenas de Tic Tac

Vejo tudo e não morro. Seção curiosidades aqui no Blog BOMBANDOO

Me mandaram uma notícia sobre esta louca da cabeça:
A adolescente que se alimenta apenas de Tic Tac

Natalie Cooper, de 17 anos, moradora de Kent, no sudeste da Inglaterra, sofre de uma doença misteriosa: ela vomita toda vez que ingere algum alimento sólido. A única coisa que pode ela pode comer, com segurança, é a bala Tic Tac. Inicialmente, os médicos acreditavam que a menina sofria de bulimia, mas logo abandonaram a idéia.

Por razões ainda inexplicáveis, o Tic Tac é a única comida que não a deixa mal. Porém, Nathalie precisa ingerir outros tipos de nutrientes através de uma fórmula especial, via tubo.

A adolescente descobriu que poderia tolerar as balas de 2 calorias quando experimentou em casa. "Elas realmente me dão um pouco de energia, mas eu como mais para passar a fome. É psicológico".

Nathalie não possui a mesma energia de outros jovens. Após trabalhar numa loja por um tempo, ela não agüentou a intensidade de um turno de 6 horas. Em breve, ela espera se consultar com novos especialistas para buscar uma cura, antes de iniciar a vida universitária.

Ps: Já que ela não pode comer comidas calóricas, vou apresentá-la a uma lanchonete aqui perto de casa que serve pastel de vento. Ela vai gostar!

sexta-feira, 24 de abril de 2009

A mulher que desmaia sempre que ri

Kay Underwood, 20 anos, tem cataplexia, ou seja, qualquer espécie de emoção forte que tenha pode fazê-la desmaiar, devido ao enfraquecimento repentino dos músculos. Excitação, raiva, medo, surpresa, e até vergonha podem provocar o desmaio.

Sua condição anormal foi descoberta há cinco anos, quando chegou a perder a consciência por mais de 40 vezes em um único dia.

Tal como muitos dos doentes de cataplexia, Kay sofre também de narcolepsia - adormece sem mais nem menos.

PS: Pra ela, viver chorando é o que há ;(

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Embarquei na onda do Twitter

Sempre fui avesso as novas tendências da Web. Quando surge uma nova ferramenta, que todo mundo começa a utilizar, eu penso:

- O quê? Eu ter um desses também? Ahhh, é modinha passageira e daqui a pouco passa e ninguém mais fala sobre o assunto. Já tenho tantos sites para visitar e tantas coisas para fazer, que não vou dar conta de ter mais um...

É... Não é bem assim! Eu tento resistir, tento ficar de fora e até falo para mim mesmo "quando eu tiver mais tempo, eu participo daquilo lá", mas se eu for esperar por este tempo, estarei aposentado. Não dá para ficar de fora de certas "febres mundiais".

Lembro quando surgiu o Orkut. Todo mundo estava entrando nessa rede, se adicionando, sabendo um da vida do outro, conversando com quem não conversava mais, colocando fotos e eu? Nada! Pediam meu perfil e só ouviam a resposta: "Nem tenho, não vou expor o que faço da vida para todo mundo ver".

Por ficar de fora das conversas dos amigos, das coisas que surgiam ali na rede, me vi obrigado a participar (depois de anos) - e entrei no orkut. Confesso que é uma ferramenta muito poderosa de contato com as pessoas.

Outra leva foi o Blog. Vi um monte de gente criando o seu (não com tanta intensidade como o orkut) e colocando as suas opiniões sobre assuntos do cotidiano, com relatos e experiência de vida, que me bateu até uma "invejinha" e eu quis ter um espaço só meu também. Este aqui :)

E agora, a nova febre que chegou é o Twitter. A Kellen Rodrigues e a Lene de Costa foram as primeiras pessoas que me falaram desta ferramenta. Foi no pré-carnaval com a imprensa deste ano e, pra mim, parecia ser grego.

Não compreendi a lógica (e ainda não compreendo muito bem). Não sei como uma espécie de MSN coletivo foi fazer tanto sucesso com o mundo afora - e também no Brasil - sendo alvo até de matérias de revistas e emissoras de televisão.

Custei também, mas não consegui ficar de fora e embarquei nessa nova modinha chamada Twitter. Se é passageira ou não? Isto o tempo dirá. O mais importante é que lá na frente, saberei como funcionava esta ferramente, fiz parte de um novo processo de comunicação e fiquei bem atualizado.

E você que está lendo. Também tem um Twitter? Quer me seguir? Se sim, vai lá
http://twitter.com/lipecasagrande

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Quando o corpo não ajuda

É tão chato quando queremos fazer todas as coisas que precisamos, mas o nosso corpo não ajuda né? Hoje enfrentei um dia assim e gostaria que não voltasse a repetir.

O cara quer concluir todas as tarefas e as incumbências ao qual foi solicitado, com êxito, mas o corpo não ajuda e a mente fica fraca. Por que somos assim? Somos humanos, fazer o quê? Se fosse tudo mais fácil, era só dar uma recarga para voltarmos ao 100%.

Não gosto de deixar pendências para os próximos dias. Não gosto de começar uma tarefa e não conseguir concluir. Inclusive, não gosto de começar a ler coisas importantes e que preciso me manter atualizado, mas que (por causa do excesso de cansaço) acabo ficando com a pressão baixa, fico sonolento e durmo em cima daquilo que eu deveria ter terminado de ler.

Também não gosto de participar de reuniões onde muitos problemas são apontados, várias soluções são mostradas, mas ninguém fica delegado de resolvê-las. Fazer isto, é a mesma coisa que atirar para todos os lados e não acertar o foco.

Deve ser por causa disso que vamos cansando e tem horas que o corpo não ajuda mais. Ficamos (gosto de usar o plural, pois acredito que não sou o único que passa por isso) levando o mundo nas costas, querendo resolver coisas que não são da nossa ossada e - por não conseguir - acabamos ficando fracos mentalmente e fisicamente.

Que os próximos dias sejam mais de alegria, força, coragem e de tarefas resolvidas!

Bom resto de semana para todos.

terça-feira, 21 de abril de 2009

A mulher que tem alergia à tecnologia

A saga de "Seres Estranhos" continua neste blog.

Hoje vos (que pronome mais do tempo do epa) apresento esta história!

Parece piada, mas Debbie Bird é absolutamente alérgica à tecnologia. Para ela, falar no telefone celular, cozinhar no forno de microondas ou dirigir um carro, são tarefas praticamente impossíveis. Tudo porque Bird possui uma sensibilidade ao campo eletromagnético criado pela maioria dos aparelhos eletrônicos.

Como consequência, Debbie sofre com uma dolorosa alergia na pele e nas pálpebras, que acabam inchando e ficando 3 vezes maior do que o normal. Para diminuir o problema, ela criou uma espécie de zona livre da influência eletromagnética.

ps: coitada, se sair na rua já era =/

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Garota é alérgica a água

Vejam só!

Ashleigh Morris, uma australiana de 19 anos, não pode usufruir de hábitos comuns à jovens da sua idade. Ela não pode ter contato corporal com água. Morris sofre de um doença de pele raríssima, chamada Urticária Aquagênica, que é um processo de alergia extrema à água.

Segundo reportagem do FOXNews, há 5 anos, Morris vem sendo obrigada a mudar seus hábitos higiênicos, pois chegar perto da água - para ela - faz com que sinta fortes dores. Quando Ashleigh se molha, seu corpo explode em feridas e caroços, que levam cerca de duas horas para aliviar.

Como não há cura ou tratamento, Ashleigh preferiu parar de fazer esportes e tudo o que a faz suar.

Ps: Agora compreendo porque ele também tinha tanto medo da água ¬¬

domingo, 19 de abril de 2009

Louvor Jovem: Ai de mim, se não evangelizar!

Como é bom fazer um programa diferente na vida da gente. Domingo, dia chato que antecede a segunda-feira de trabalho e que a televisão não contribui em nada para nos alegrar. O que fazer?

Eu e meu primo escolhemos (hoje) uma alternativa diferente. Participamos do Louvor Jovem da Renovação Carismática Católica na igreja matriz do pinheirinho. Muito bom ir para lá e ver que outros 400 jovens escolheram a mesma opção: Adorar ao seu criador e buscar paz de espírito.

Já dizia Deuteronômio no capítulo oito "Nem só de pão vive o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus". Acho bacana isto. Neste mundo, cada um tem as suas crenças e outros nem crêem em nada, mas eu acredito sim que somos feitos de espírito e carne. A carne, alimentamos com a comida, já o espírito, é de oração.

Feliz aquele que crê sem ver e segue uma vida sempre tentando acertar, para ficar em paz consigo mesmo e com todos que estão ao seu redor.

E o louvor como que foi? Ah, estava ÓTIMO! Começou 8 horas da manhã e foi até às 18 horas. Pena que fui só na parte da tarde (porque ontem teve casamento, cheguei tarde e - consequentemente - dormi demais). Mas nunca é tarde para correr ao colo de Deus, nosso pai e criador.

Cantamos, rezamos, louvamos, pulamos, dançamos e vivemos. Estes quase 400 jovens que optaram por este mesmo programa, tenho a certeza que saíram de lá mais leves. Ficaram sem aquele peso dos problemas do mundo nas costas.

Enquanto muitos se drogam por este mundo afora, xingam, cometem violência, estão com uma vida vazia e sem sentido; há outros que buscam o seu equilíbrio indo atrás do nosso criador. Aquele que a ciência muito já tentou desmistificar, mas até hoje não conseguiu. A ciência e a religião não deveriam andar separadas. Uma precisa estar perto da outra, pois cada um explica algo que o outro não consegue chegar.

Que possamos ter muitos outros domingos abençoados como este!

Se você não participou e tem vontade de participar, fique antenado no site da RCC http://www.rcccriciuma.com/ para saber dos próximos eventos.

Aqui abaixo, disponibilizo um vídeo do momento de adoração. Boa semana para todos!

sábado, 18 de abril de 2009

Além do Arco-íris...

Neste sábado serei um privilegiado. Vou ao casamento de minha prima com meu amigo. Momento único! Eles se combinam, são namorados há anos e parece que foram feitos um para o outro.

Tomara!
Sempre torcemos pelo melhor e pela felicidade das pessoas que gostamos.

Casamento (além de ser aquele momento super divertido com muita festa, comida e galera reunida novamente) é, pelo menos pra mim, um momento muito especial. É a entrega de um homem e uma mulher, para serem juntos um só corpo. Uma nova família.

É quando a pessoa se liberta da vivência diária com os pais, que sempre foram aquela base e conforto para todos os momentos. São os pais que nos acompanharam desde o primeiro dia de aula, que acalmaram o nosso frio na barriga (quando queríamos saber se iríamos nos adaptar a uma nova realidade) e que sempre nos socorreram nos momentos de enfermidades, dúvidas e aflições.

Casar não é cortar relação com estes pais, mas é alcançar uma nova etapa na vida. É sair debaixo das asas do pai e da mãe, para ter um vôo solo, compartilhado com a esposa (que também deixa a casa dos pais) para constituir uma nova família. Outras responsabilidades vão aparecer: futuros filhos - se a natureza assim permitir - e a necessidade de compreensão um com o outro, para enfrentarem juntos os problemas que podem aparecer no decorrer da vida.

Não vamos nos iludir. Bem sabemos que aquele tempo em que a mulher se entregava ao homem e o homem a mulher, pela primeira vez na lua de mel, ficou bem pra trás. A mudança cultural das pessoas, hoje permite aquela experiência sexual sem a necessidade do casamento. Mesmo assim, não diminui a importância de um casamento. É o penúltimo sacramento da igreja que recebemos em vida. É a apresentação para Deus de uma nova família que está sendo formada, com juras de amor eterno.

Fico com pena quando vejo casamentos serem desfeitos. É tão chato. Quando a pessoa casa, há aquela expectativa, empolgação de que vai durar para sempre, que só a morte poderá separar. Porém, como a vida não é um conto de fadas, quando acaba o diálogo entre o casal e a briga vira um elemento de presença diária num lar, é melhor mesmo cada um seguir o seu caminho em lados opostos. Fazer o quê? Lamentar por ter casado? Penso que lamentar pelo que foi feito e não deu certo é menos doloroso, do que pelo não feito.

Desejo a este casal (cujo a cerimônia e festa do casório eu vou participar) toda a felicidade do MUNDO. E que este amor e relacionamento seja eterno enquanto dure. Se durar até a morte, melhor.

Quando o noivo entrar na igreja e eu ouvir esta musiquinha, vou lembrar do último casamento que fui neste ano, de um amigo meu que estava ÓTIMO. E vou pensar: Será que um dia vai chegar a minha vez? Ahhhh, deixa que o tempo se encarregue de responder ; )

Além do arco-íris
pode ser
que alguém
veja em meus olhos
o que eu não posso ver
além do arco-íris
só eu sei
que o amor
poderá me dar tudo que eu sonhei
um dia a estrela vai brilhar
e o sonho vai virar realidade
e leve o tempo que levar
eu sei que eu encontrarei a felicidade

além do arco-íris
um lugar
que eu guardo em segredo
que só eu sei chegar
um dia a estrela vai brilhar
e o sonho vai virar realidade
e leve o tempo que levar
eu sei que eu encontrarei a felicidade
a luz do arco-íris
me fez ver
que o amor
dos meus sonhos
tinha que ser você....

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Sexta-Feira: Dia de Bebemorar

E como diria aquela música do Bruno e Marrone

Hoje é sexta-feira
Dia de "bebemorar"
Cair na gandaia
Não ver a noite passar
Sábado cerveja, um churrasco
E a galera me espera
Desce uma, duas, três
Quem ficar embriagado
Paga seis...



Tapa na ressaca
Prá curtir o domingão
Um beijo na menina
Prá não morrer de paixão
No bar, na esquina
A galera me espera
Ih! Já era!
E na segunda-feira
Continua tudo igual
É feriado nacional...

Brasileiro é praia
Futebol, badalação
Samba, rock e rap
Reggae, forró e baião
Moda sertaneja
Prá dançar arrasta-pé
Em festa de peão
Só chove chuva de mulher...

Merecemos né? Depois de uma semana cansativa, desejo aos mais de 80 visitantes que espiaram este blog (de apenas uma semana de idade) um ÓTIMO Final de Semana, com bom proveito. Bebam com moderação hein!
Se dirigirem, não bebam e se beber, me chamem \o/

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Cobranças: Um mal necessário

Imagino que da mesma forma que eu, ninguém gosta de ser cobrado. Seja para pagamentos de contas, melhor resultado nos trabalhos ou entrega de trabalhos escolares antes do prazo final.

É chato ser cobrado. Dá a impressão que somos incompetentes naquilo que fazemos e que, precisamos sempre de um empurrãozinho pra conseguir concluir a tarefa bem sucedida.

Apesar de achar chato, a cobrança das pessoas junto ao nosso trabalho (principalmente daquelas que tem muito mais experiência e estrada trilhada, que a gente) se faz necessário.

É nas cobranças que aprendemos a superar os nossos limites. É nas adversidades que aprendemos enxergar a vida de uma outra maneira.

Tenho passado por uma fase assim....

Cobrança do meu eu - comigo mesmo - em mais produção, mais resultados pra minha vida. Em querer saber o que faço com ela agora, depois que se encerra um ciclo de estudos na faculdade, emprego num setor que eu estava há quatro anos, enfim.

Fora as cobranças de pessoas externas. Onde a família quer um filho mais presente dentro de casa. Nos trabalhos temporários arranjados, que querem uma amostra de resultados mais concretas...

Não é nada fácil ser cobrado por uma solução, cuja resposta não é imediata.
Mas a cobrança na vida da gente sempre esteve ali presente, como uma forma de abrirmos os olhos para a realidade, ver que nem tudo está um mar de rosas e que é preciso SIM, levantar a cabeça, superar os limites e dar a volta por cima até restabelecer tudo no seu devido lugar.

E quando tudo estiver no seu devido lugar, entra em ação novamente a Cobrança... que nos impulsiona para darmos um pulo em nossas vidas e encarar uma nova fase. Uma nova montanha que precisaremos escalar até chegar ao seu topo.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Tem coisas que nunca mudam

Basta acabar uma edição do Big Brother Brasil para presenciarmos isto

A Pri quer saber quem dá mais


Ó a minha cara de surpresa!

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Fusão entre BB + Besc: Cadê a vantagem?


Vou confessar a vocês uma coisa. Quando eu assisti a incorporação do Besc junto ao Banco do Brasil, confesso que fiquei bem FELIZ. Sendo usuário do Besc, imaginava que o BB iria trocar aqueles caixas eletrônicos pré-históricos por outros mais modernos.

Imaginei também que o número de usuários no Besc iria diminuir, tendo em vista que as pessoas poderiam utilizar as agências do BB pra realizar todo tipo de transação. Em partes, até ajudou, pois agora é possível pagar contas e retirar o extrato em qualquer caixa eletrônico no BB ou Besc.

Mas o que assisti hoje na agência do Besc em Criciúma, foi uma total desordem.

- Caixas não funcionando e outros que não aceitavam cartão de nem um banco e nem outro.

- Falta de envelopes para depósito em dinheiro.

- Falta de caneta no local pra gente escrever os dados da conta do favorecido no envelope.

- Funcionários despreparados para auxiliar as pessoas.

- Novo sistema implantado no caixa do Besc, que piorou muito na hora de pagar a taxa do DPVAT, visto que agora pedem código de barras e, antes, pediam só o renavam do veículo e a gente já escolhia o que queria pagar (depois de ver os débitos em aberto).

- Vi pessoas desanimadas com a atual situação do Besc e fiquei em filas sem fim, torcendo pro sistema não cair bem na minha hora de utilizar o caixa.

A pergunta que todos se faziam lá dentro era: Cadê a vantagem nisso tudo, tão anunciada? Pra ajudá-las, o jornal do almoço na RBS TV desta segunda-feira, falou que alguns clientes vão precisar recadastrar a senha e mudar o número da conta corrente. Que transtorno...

Está certo que ainda estamos na transição e que a incorporação do Besc junto ao BB não está totalmente concluída. Pena que (novamente) é o povo quem paga as contas desta bagunça.

PS: pra não dizer que eu só vi coisas negativas, fiquei bem entusiasmado com o novo sistema de empréstimo. As taxas de juro do BB são mais em conta do que no Besc e a aprovação é feita na mesma hora, no próprio caixa eletrônico \o/

domingo, 12 de abril de 2009

Se errar o português fosse pecado...


Eu estaria ferrado!

Ps: Pra visualizar melhor, dá um clique ali na imagem

sábado, 11 de abril de 2009

Você Sabia? Navio é construído com restos do WTC

A notícia é velha, mas eu fiquei sabendo justo hoje, quando completamos 07 anos e 07 meses dos ataques terroristas nos Estados Unidos, que derrubaram as torres gêmeas do World Trade Center matando mais de 3 mil pessoas.

Navio de Guerra será construído com aço do WTC de Nova York

Neste link acima, a notícia diz que parte do aço retirado dos escombros das torres gêmeas do World Trade Center de Nova York foi enviada a um estaleiro no Mississipi, onde será aproveitado na construção de um novo navio de guerra americano.

O projeto é ambicioso. A expectativa é que o navio de guerra tenha capacidade de transportar mais de mil soldados.

"O USS New York estará em breve defendendo a liberdade e combatendo o terrorismo em todo o mundo, ao mesmo tempo em que irá sempre lembrar a todos os nefastos ataques de 11 de setembro e a coragem que os nova-iorquinos mostraram em resposta ao terror”, disse o governador do estado de Nova York, George Pataki.

Acredita-se que o USS New York fique pronto até 2007.
-----------------
e já ficou pronto! Recebi as fotos por email e vejam só como ficou.

Foi construído com 24 toneladas de fragmentos de aço do World Trade Center

Carregará uma tripulação de 360 marinheiros e 700 marines combatentes

Junior Chavers, o gerente de operações da fundição, disse que assim que o aço do trade center chegou, ele o tocou com sua mão e "o cabelo da minha nuca se arrepiou". "Aquilo tinha um grande significado para todos nós" ele disse. " Eles nos golpearam. Eles não podem nos manter por baixo. Nós vamos voltar."

O lema do navio? Nunca Esqueceremos!

PS: sei não, mas construir um navio com restos de aço daquilo que um dia já foi um prédio, não me parece lá uma boa idéia. Pra ficar mais seguro, sugiro usar o resto do casco que sobrou do Titanic

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Reflexão para uma Sexta-Feira Santa

Neste recente blog criado para expôr as idéias, bobagens e opiniões sobre Assuntos Diversos, não vai ser muito raro encontrar momentos de reflexões por aqui. A vida é tão curta e tão complexa ao mesmo tempo... e eu adoro filosofar de vez enquando (não apenas quando estou bêbado).

E como já declarei no "Quem sou eu" aqui deste blog de menos de uma semana de vida e de pouquíssimos leitores (minha mãe e a minha vó), eu sou cristão católico e Confio e Acredito em DEUS.

Mesmo sendo católico, tenho a mente aberta. Sei que a igreja também erra, não acredito em tudo que escuto dos padres e acho que o mais importante (acima de tudo) é o respeito entre as pessoas, diversidade nas religiões, crenças e escolhas de vida e gostos de cada um. O que importa é ser FELIZ, ter o coração em PAZ e, se possível, fazer sempre o bem ao próximo.

Hoje, sexta-feira santa, tivemos a procissão de Jesus morto relizada em diversas partes do mundo. Aproveito para compartilhar com vocês uma mensagem que recebi via email, sobre este cara que passou há mais de 2000 anos na Terra e que até no presente é lembrado por tantas pessoas. É o mínimo que podemos fazer, por quem deu a sua vida para nos salvar

Quem é este?


Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem?que fala aos espíritos, que acalma e repreende,que é doce e firme ao mesmo tempo,que vestido em simplicidade, resplandece em majestade.

Quem é este peregrino, que arrasta multidões,cura os enfermos, levanta os caídos,restabelece a vida, religa o que foi desligado,fala com a natureza que lhe responde,quem é esse iluminado que toca vidas,transforma paralisia em movimento,doença em saúde, cegueira em luz,e por onde passa, o povo grita,é o mestre Jesus...

Hoje, Ele quer passar na sua casa, entrar na sua vida,não pede luxo nem riqueza, apenas um coração sincero,disposto a mudar os hábitos, vencer os vícios,desligar pensamentos negativos,disposto a vencer barreiras, atravessar desertos,ter a certeza de coisas que não vemos,disposição para amar sem peso nem medida,e receber em dobro, a própria vida.

Sinta-se abraçado pela Luz,deixe seus problemas nesse abraço,renove seus sonhos e viva,entregue sua vida nas mãos de Jesus.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Véspera de Feriado

Por acaso, há datas mais empolgantes do que a véspera de feriadão? Pode ser que o feriado propriamente dito seja bem mais empolgante do que a véspera, mas eu não sei vocês...

Eu, em véspera de feriados, tenho sempre a empolgação de que vai chegar vários momentos com horas livres para fazer o que bem entender. Seja ler, viajar, festar, ver filmes, enfim.

Já quando chega o feriado mesmo, e vejo que as horas estão passando e não estou fazendo bem aquilo que gostaría, bate aquela frustração por não aproveitar melhor o tempo.

Pra quem ainda pode contar com a sua família, tem coisa melhor do que reunir todo mundo junto (depois de muito tempo sem se ver) na casa da vó para por o papo em dia, rir e se descontraír? Certamente deve haver coisas melhores sim, mas fazer isto também é MUITO bom :)

E já que amanhã é feriado, que tal nos reunirmos com quem a gente realmente gosta, para valorizarmos estas pessoas enquanto estamos vivos?

Bem, a minha vó fica com a responsabilidade de levar o bolo...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Aproveitem este feriado e FELIZ PÁSCOA (antecipado)

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Orkut e suas falhas

Se há um ditado popular que muito costuma-se reproduzir é: "Em time que está ganhando, não se mexe". Concorda? Pois eu concordo.

E isto não vale só para o futebol não... vale para qualquer situação da nossa vida. Não deveríamos modificar aquilo que dá certo, pelo duvidoso.

O orkut vive fazendo modificações e alterações para surpreender os seus usuários. Isto é até bom em certos aspectos, pois temos sede de novidades, temos sede de novos conhecimentos e queremos sempre estar bem atualizado e antenado com as pessoas e o mundo complexo que estamos inclusos.

Porém, se tem uma coisa que tem me deixado encucado com esta rede virtual de amigos é: Por que foram fazer alterações na página de scraps?? Poxa, já não estava tudo certo? Já não era possível enviar vídeos, figuras e mandar aquelas mensagenzinhas bonitinhas, cheias de fru fru (que minha vó adora mandar) para as pessoas?


Por que cargas d' água foram mexer no que já estava funcionando corretamente? Se você é usuário desta rede, não sei se percebeu, mas o orkut alterou o layout desta página de receber e postar recados. Agora sempre que acessamos este local tão requisitado pra comunicação, é possível ler uma mensagem "Carregando" e depois... "Que feio, servidor! Você não pode fazer isso".

Tá certo que é um erro temporário, mas foi a forma mais besta que o orkut encontrou para dizer que não é capaz de processar a requisição daquele momento... que está em manutenção, fora do ar ou enfim.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Até que enfim, criei um Blog

Pronto. Já posso riscar mais um item da minha agenda com objetivos para 2009.

blog estava incluso =)

Ri quando vi que uma colega de profissão, Lene de Costa, tinha este mesmo objetivo, porém ela foi bem mais rápida do que eu. No início de janeiro deste ano ela já criou o blog dela http://www.tiradaseatiradas.blogspot.com/

Gostei tanto deste blog, e mais alguns que passei a acompanhar, como http://www.olhaacorneta.blogspot.com/ (da Kellen Rodrigues) e http://www.mairarabassa.blogspot.com/ (da própria Maíra) ... entre outros, que passei a ter uma vontade cada vez maior de ter um blog só meu também, pra joga na rede as minhas idéias (besteiras e asneiras) e visões de mundo (sejam elas de forma equívocadas ou não).

E cá-estou-eu, que passo a contar com este espaço para falar sobre "Assuntos Diversos" como o nome do blog já diz, com tudo que tem direito (erros de português, de concordância, um pouco de excesso de gerúndios, etc... - tudo condenado na área de jornalismo) mas que - pela pressa diária de expôr uma idéia - podem acabar passando abatidas, mas nada que um puxão de orelha de quem estiver passando por aqui não resolva, para eu corrigir os futuros erros ortográficos que poderão surgir :)

Enfim... Sejam todos(as) bem vindos(as) meus(minhas) futuros(as) leitores(as) desta rede tão extensa e complexa que estamos infiltrados (era mais fácil ter dito apenas: internet) hehe

E vamos ver no que isto vai dar... se é que vai vingar alguma coisa

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso