terça-feira, 29 de setembro de 2009

ACORDE! Uma pausa para reflexão

Deixa eu assoprar um pouco da poeira acumulada aqui no Blog, em virtude a falta de tempo pra atualizar diariamente. Gosto muito de visitar todos vocês (meus seguidores) e acho massa ler o que cada um escreve. Considero o blog como um diário aberto, onde conhecemos melhor as pessoas no seu modo de ser, pensar e agir.

Meu corpo tem trabalhado muito fisicamente nos últimos dias (insira sua piada aqui), indo a reuniões, encontros, cobertura de eventos, etc. Porém, a minha mente está um pouco fora do ar. Estou planejando o futuro, matutando como mudar de vida e o meu presente fica abalado. E isto está errado, pois só tem um futuro bom quem vive intensamente o presente. Mas são fases da vida que passam, e daqui a pouco tudo há de voltar para o seu devido lugar (tomara).

Nestes envios e recebimentos de emails na internet, recebi um texto do Paulo Roberto Gaefke que caiu como uma luva para mim. As vezes é hora de dar uma pausa nesta rotina frenética para repensar o que vamos querer para o futuro. Se pensas como eu, siga adiante lendo este belo texto do Gaefke que compartilho no Blog.

Acordar

Você sabe o que significa a palavra "acordar"?
Vamos fazer uma brincadeira e separar em sílabas da palavra acordar:
A-cor-dar. Viu?
Significa dar a cor, colocar o coração em tudo que faz.
Existem pessoas que acordam às 6h da tarde. É isso mesmo!
Pela manhã caem da cama, são jogadas da cama, mas passam o dia todo dormindo.
E existem alguns, acredite, que passam a vida toda e não conseguem acordar.
Eu tive um amigo que acordou aos 54 anos de idade.
Ele me disse:
- Descobri que estou na profissão errada!
E ele já estava se aposentando...
Imagine o trauma que esse amigo criou para si, para os colegas de trabalho, para a sua família!
Foi infeliz durante toda sua vida profissional porque simplesmente não "acordou".
Eu, na época, era muito jovem, mas compreendi bem o que ele estava me ensinando naquele momento.
Por mais cinzento que possa estar sendo o dia de hoje, ele tem exatamente a cor que dou a ele.
Sabe por quê?
Por que a vida tem a cor que "a gente pinta".
O engraçado é que os dias são todos exclusivos.
Cada dia é um novo dia, ninguém o viveu.
Ele está ali, esperando que eu e você façamos com que ele seja o melhor da nossa vida.
Os meus dias são os mais lindos da face da Terra porque eu os faço ser os mais lindos da face da Terra.
Acredite em você!
O universo é o limite!
Dê a você a oportunidade de "a-cor-dar" todos os dias e compartilhar com os outros o que Deus nos dá de melhor:
o privilégio de ser e fazer os outros felizes.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O Titio é Louco?

A tão esperada SEXTA-FEIRA chegou e estamos na porta do final de semana. Período de descanso para uns e de FESTA para outros (tem coisa melhor?) \0/

Falando em festa, olha que divertida esta que está no vídeo logo abaixo.

Aconteceu em Braço de Norte - SC. Não conheço ninguém no vídeo, mas vejam que povo animado e divertido. Especialmente o titio ali, que figuura... isto sim que é festa onde todo mundo se diverte (ou pela dança, ou pelas cenas apresentadas).

Se alguém souber qual a droga que foi servida aos convidados #EUquero

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Pobre chamando Táxi

Semana corrida e mal tive tempo para postar aqui no Blog. Mas devo agradecer a visita de vocês que, mesmo sem atualização, tem comparecido em massa (50 pessoas) para dar umas espiadas por aqui.

A postagem de hoje é uma tirinha do Pablo Mayer, que mostra um pobre chamando táxi. Pra quê? Vejamos

kkkkkk, também sou pobre e achei um pretexto pra chamar um táxi!

domingo, 20 de setembro de 2009

Pingüim Esperto

Domingo é dia de... GLOBO ECOLOGIA \o/

O vídeo de hoje está circulando pela web e merece um destaque aqui. Um pingüim usa o bote dos cinegrafistas para despistar umas baleias (Free Willy) - que queriam fazer dele, o almoço. Se não visse ainda, assista aqui.

muito esperto :D

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Nunca antes na história deste país...

...tivemos políticos tão burros!

Sim pessoas, e para perceber isto nem é preciso ir muito longe. Resgatem um pouco do histórico dos notíciarios políticos em revistas e jornais e vocês vão verificar que estou com a razão. Nossas autoridades simplesmente Nunca sabem de nada!

Já perceberam que, quando eles estão encurralados por alguma acusação séria, a melhor saída é afirmar que não sabia de nada? Que não estava a par da robalheira que acontecia descaradamente na sua gestão?

O pai político da santa ignorância (burrice) que nunca sabe de nada, começa com o nosso popular presidente da república, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva. O site do estadão resgatou (de forma brilhante) tudo o que o nosso presidente deixou de saber, durante os momentos de crise que enfrentou.

- Em outubro de 2006, durante a crise aérea, o Lula disse que o governo não sabia da gravidade dos problemas na aviação.

- Durante a bomba estourada por Roberto Jefferson, sobre o mensalão no ano de 2005, o Lula disse que "não sabia de nada".

- Em 2006, antes da votação do primeiro turno, a polícia federal prendeu dois membros do PT com R$ 1,7 milhão que seria utilizado na compra de dossiê contra os tucanos. O presidente foi envolvido nos depoimentos para a polícia, mas novamente o Lula não sabia de nada.

- Em junho deste ano, o irmão do presidente - Genival Inácio da Silva - foi indiciado por tráfico de influência para explorar o caça níqueis, na operação Xeque-Mate, e o presidente afirmou que seu irmão estava mais para ingênuo do que para lobista.
....

Isto foi apenas uma palhinha do que o presidente não sabia. Como ele sempre manteve um ótimo índice de aprovação, outra leva de políticos aprendeu com ele e passou a usar a famosa frase: "Não sei de nada".

Na prefeitura de São Paulo, para reduzir gastos, a Secretaria de Educação cortou a refeição nas creches. Mais de 60 mil crianças iriam ficar com uma refeição a menos (sem café ou almoço). A polêmica correu na boca do povo e foi noticiada pela imprensa. O prefeito Gilberto Kassab, se mostrou surpreso com o fato e afirmou que "não sabia desta decisão". Diz ele que pode rever e voltar atrás (tomara que faça isto mesmo).

Em abril deste ano, o delegado federal - Protógenes Queiroz - ganhou passagem de avião dos deputados federais e disse que não sabia que as passagens eram pagas pela Câmara.

Em setembro de 2005, no auge do escândalo do mensalão, o ex-presidente do PT - José Genoíno - disse não saber de nada sobre o que se tratava, e afirmou que não existia caixa dois e nem mensalão (haha, faz-me rir).
_____

E hoje, durante o debate sobre o projeto de lei complementar - que tratava questões sobre a defensoria pública - o senador Arthur Virgílio do PSDB (que também não é flor que se cheire), cobrou do senador Renan Calheiros do PMDB (um traste em forma de gente), o nome do senador que manteve salário do senado para um presidiário. Calheiros não respondeu e a bola passou para o presidente da casa, José Sarney do PMDB (uma fábrica de desvios e corrupção) que afirmou... adivinha? que NÃO SABIA DE NADA!

Minha amiga super antenada @kellenrodrigues, destacou a frase no Twitter

Assistam com seus próprios olhos, clicando na imagem abaixo.

PS: Eles subestimam a inteligência do eleitor brasileiro. Nunca sabem de nada e nem devem saber o que foram fazer em Brasília. Ano que vem é ano de eleição, então vamos RENOVAR. (A internet é a nossa aliada)

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Envenenar animais é CRIME

Não entendo quem não gosta de cães (ser vivo mais fiel ao dono, que existe). E não entendo, ainda mais, quem joga veneno para matar o cachorro dos outros. Nesta terça-feira, envenenaram o cão do meu vizinho. Átila (era o nome dele), estava na família desde filhotinho e foi criado com todo amor e carinho que um ser humano pode disponibilizar a um animal.

Quando o vizinho passeava com o seu cachorro no canteiro da avenida, o cão cheirou ou comeu (ainda resta dúvidas) alguma coisa envenenada, passou mal e morreu. Que tristeza... quase seis anos de convívio terminado de forma trágica, por interferência de algum criminoso, invejoso e de mal com a vida que aplicou veneno no canteiro da avenida para acabar com os cães do prédio.

Agora fica a dúvida: Quem fez isto? Algum morador incomodado com o cão que não perturba e que cuidamos tanto para não latir e nem fazer barulho? Algum lojista perturbado com o passeio diário com o cão, perto do seu estabelecimento? O que leva alguém a interferir na vida do próximo (fazendo o mal) tirando aquilo que a pessoa tanto ama e cuida?

Assim que houve o envenenamento e morte do cãozinho, a dona do animal (é uma família de quatro pessoas que cuidava do cão) foi aos prantos falar para meus familiares ter cuidado com o nosso cão, pois haviam feito aquilo com o Átila.

Sabemos que não foi o primeiro e nem deve ser o último caso de envenenamento aos animais, no Brasil. Mas não podemos ficar anestesiados e achar normal isto. É um absurdo, é repugnante e é o fim. Só quem tem um cão e o ama, sabe do carinho insaciável que eles têm por nós. Amam sem pedir nada em troca. Gostam mais da gente, do que deles mesmos.

E agora, quem vai receber com festa esta família quando chegar em casa? Quem vai animá-los, quando o ambiente naquela casa estiver triste? É triste pessoas... me comovo com isto.

Quem perde um cão, sabe que as chegadas e partidas nunca mais são as mesmas. Fica o vazio de alguém te esperando na porta, com o rabinho abanando - lingüinha pra fora - entre sorrisos no rosto.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

domingo, 13 de setembro de 2009

Dia Triste

Neste domingo, o sol deu suas caras (depois de ficar dias escondido), mas logo depois ele se escondeu novamente dando lugar a uma garoa na cidade. Enquanto muitos descansaram, festaram e assistiram filmes, eu trabalhei neste final de semana.

Abri um jornal antigo, do dia 24/08/2009 e me deparei com uma bela crônica da jornalista Elaine Tavares. Ela narra um dia triste e cansativo por qual passou, e eu me indentifiquei tanto, pois (na correria diária) tenho vivido dias iguais. Quem tiver tempo, leia. Caso contrário, volta depois pro blog para ler.


Dia Triste

O dia começa tenso. Muita coisa pra fazer e as horas parecem não dar conta. Trabalho demais, estrutura de menos, demandas excessivas, encheção de saco por parte de quem não faz nada, TPM, dores pessoais. Tudo conspira para uma grande explosão. O tempo vai passando e a pressão aumenta. O coração dispara, a mente desatina, o corpo enrijece.

Então aquela pessoa joga a última gota, a que faltava. O mundo desaba. O dia escurece, a ira aflora, a mágoa rói. Mas é preciso reprimir, afinal, ninguém tem culpa das nossas misérias. Esse é o destino de quem se faz tanque de guerra. Por fora, lago sereno. Por dentro, vulcão.

Na hora de ir embora, a chuva aparece. Jorra forte, intensa, parece zombar do turbilhão que assoma lento, mas furioso. Vou para a parada do ônibus, cheia de bolsas, carregada do peso dos livros. O horário falha. O ônibus não vem. Um carro passa sobre a poça de água e a roupa encharca. Os minutos se arrastam. Passam-se 45 minutos, e eu molhada feito um pinto. Quando vem, o busão está lotado, pois pulou um horário. Não há lugar para sentar.

Lá vou eu, o peito ardendo, segurar a onda de enfrentar o trajeto até o Rio Tavares, em pé, com duas sacolas, espremida feito sardinha. Com a chuva, o trânsito está mais lento do que o normal, sinal de que será uma longa jornada. Uma hora e quarenta minutos para fazer menos de 30 quilômetros. Algumas mulheres gritam para que se abra a janela. Têm medo da gripe A. Outros não querem nem saber de se molhar. O ônibus parece uma panela de pressão. Todos se olham com raiva.

Quando chega ao terminal, lá se vai o Castanheira. Por um minuto perco o segundo busu. Toca esperar mais 30 minutos no vento frio. Sinto que se alguém me tocar, explodo! Então, finalmente sigo para casa. Mais 30 minutos pelas ruas do Campeche.

Quando salto no ponto, a chuva está torrencial. Prioridade para os livros. Tiro o casaco e embrulho nele as bolsas. Um avião passa baixinho, descendo para o aeroporto. A bomba finalmente detona. Só então, sob a chuva, começo a chorar. Foi um dia duro.

E, às vezes, até mesmo um tanque de guerra precisa de um pouco de ternura. É o meu cachorro, todo pureza, quem me recebe, serelepe. Suas patas barrentas na minha blusa branca mostram que pelo menos, para ele, faço a diferença. Meu Steve Biko salva o dia.
__________
Te entendo perfeitamente, Elaine

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Chuva de prata que cai sem parar... ♪

Oi povo, tudo bem?

Ando meio sem tempo para o Blog e então, hoje, vou aproveitar para usar ele um pouco como diário virtual (que viadagem é essa?). Lembram do Doug Funnie? Ele também tinha um e todo mundo gostava :)

Inclusive - nestes quatro meses de blog - eu achei que ia compartilhar mais coisas do meu dia a dia, mas não foi bem assim. Tratei de temas cotidianos com relevância para muita gente (e foi melhor assim). Nem pretendo fazer deste espaço um diário do estilo Big Brother Brasil, mas é que às vezes falta assunto e inspiração para escrever.

Seria a culpa da chuva que cai sem trégua desde segunda-feira?
Ou seria culpa da minha correria do trabalho, que mal consigo respirar direito?
Vejo meus compromissos aumentando mais do que os assuntos resolvidos, mas não reclamo. Já enfrentei o desemprego e prefiro a minha agenda com "zilhões" de coisas para fazer, do que ver ela com as páginas em branco...

Sempre que chove, lembro da minha amiga de profissão - a jornalista Kellen Rodrigues. Conheço-a faz uns quatro anos, trabalhamos juntos por alguns meses e foi o suficiente para eu admirá-la profissionalmente. Ela escreve textos maravilhosos e tem a capacidade de fazer todas as coisas de forma rápida, organizada e bem feita.

O que tem a chuva com a Kellen Rodrigues? É que sempre que chovia sem parar, ela tinha o costume de por a seguinte frase no MSN: Chuva de prata que cai sem parar... ♪ (do Roupa Nova, grupo que ela é apaixonada), e eu fiquei com essa música na cabeça. Quem nunca se lembrou de alguém legal, quando escutou a música que a pessoa cantava? Eu já.

E para celebrar este tempo molhado (que São Pedro faz questão de banhar as pessoas), deixo a musiquinha do Roupa Nova postada aqui.

Chuva de prata que cai sem parar... ♪

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Já experimentasse Capricho?

Hoje o meu almoço foi acompanhado com uma nova marca de refrigerante que eu nunca tinha ouvido falar: Capricho, você já experimentou?

Capricharam no nome, mas esqueceram do sabor =/

domingo, 6 de setembro de 2009

Chaves & Chapolin 24horas? Sim, é possível

Já falei que sou fã do Chaves? (o presidente da Venezuela? Nãoo, aquele do México que fez sucesso na tv). É verdade... tive momentos bem divertidos assistindo esta série tão antiga e tão atual ao mesmo tempo. Fico impressionado como os idealizadores do programa, conseguiram fazer tanto sucesso no mundo inteiro, com diálogos simples, leves e engraçados.

Chapolin também era legal, mas não chegava aos pés de Chaves. O Chaves é engraçado, ingênuo e as tontices dos personagens que apareciam em cada episódio, era de se mijar de tanto rir. Até hoje a minha mãe não compreende como eu gostava e via tanta graça naqueles programas, mas quem assistia e era chaves maníaco como eu, compreende.

Cheguei ao absurdo de assistir 10 vezes o mesmo episódio em dias alternados e dar risada (gargalhada) dos 10. Como pode? Eu sempre ficava com a esperança de que iria aparecer alguma coisa inédita que eu ainda não tinha assistido, mas é claro que nunca aparecia.

O Silvio Santos ameaçou tirar o Chaves da grade do SBT por diversas vezes, mas quando viu o ibope cair, voltou atrás das suas decisões. É difícil mexer num programa que tem audiência consolidada com fãs espalhados por todos os locais.

Ultimamente o SBT avacalha. Exibe o Chaves nas madrugadas e manhãs de domingo... mas quem é que está acordado para assistir? Nesta hora, já estamos roncando por ter chego de alguma festa na madrugada ou por estar podres de cansados.

Vagando pela web, encontrei uma solução para quem gosta deste programa e não aguenta mais a programação chata das emissoras de tv's. Um fã disponibilizou um canal de TV com muitos episódios do Chaves e Chapolin, transmitindo 24 horas por dia. Tem até chat para interagir com outros fãs. Para assistir, clique na imagem abaixo.

Não contavam com as minhas astúcias!!

sábado, 5 de setembro de 2009

Na era da internet é assim que funciona

Recebi umas tirinhas do Caetano Cury que retratam bem como estamos vivendo na era da internet. Obs: Clique nas imagens para visualizar



















Parabéns pelas tiras, Caetano. É mais ou menos desta forma que vivemos no século XXI

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

pequenas frases & GRANDES significados

E este título ai, Sr. Filipe, o que é?
Uma paródia com o programa Pequenas Empresas & Grandes Negócios?
Nemm...

Não sei vocês caros leitores, mas eu sempre admirei os grandes filósofos e pensadores desta humanidade. Desde os mais antigos (Sócrates, Platão, Descartes, etc), até os mais atuais (Augusto Cury, Bob Marley, William Shakespeare, entre outros).

Admiro a capacidade deles, em pensar e refletir sobre aquilo que faz parte da vida de todos. Desde a simplicidade dos acontecimentos cotidianos, até sobre os assuntos mais complexos que impera na cabeça da sociedade, causando grandes conflitos nas ideias.

Seria impossível enumerar todas as frases de efeitos declaradas por diversos pensadores (famosos ou não), que estão presentes no dia a dia de cada um, no seu modo de ser e agir...

Diante das inúmeras falcatruas realizadas pelos nossos representantes no congresso e no senado (que não cansam em decepcionar o POVO que o elegeu) apresento a frase de um índio, que de ignorante não tem nada!

Viva a sabedoria indígena!

Dedicatória: Dedico esta frase especialmente para o Sarney e seus defensores e + para TODOS parlamentares que querem criar mais um imposto chamado CSS. (Contribuição Sem Sentido)

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Atração da noite: Junior!.. Quemm?

Olá meus 40 visitantes e opinadores do blog, que tanto curto por causa da interatividade.
No post de hoje apresento (tá parecendo a abertura do Globo Repórter) o folder de divulgação da festa que vai ter numa casa noturna da minha cidade. É post pago? Não, já explico porque estou postando isto.

Na propaganda, a casa noturna anuncia a atração da noite: Junior.
Mas... quem é o Junior??
Não sabe?
Não conheces?
Tens certeza?
O ex da Sandy galera!
Aquele da dupla, que fingia que cantava... lembraram?

Por isso que o folder desta casa noturna fez questão de deixar bem claro quem ele é...

É Junior, não tem mais jeito. Teu sucesso vai sempre depender da tua irmã!

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso