quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Nunca antes na história deste país...

...tivemos políticos tão burros!

Sim pessoas, e para perceber isto nem é preciso ir muito longe. Resgatem um pouco do histórico dos notíciarios políticos em revistas e jornais e vocês vão verificar que estou com a razão. Nossas autoridades simplesmente Nunca sabem de nada!

Já perceberam que, quando eles estão encurralados por alguma acusação séria, a melhor saída é afirmar que não sabia de nada? Que não estava a par da robalheira que acontecia descaradamente na sua gestão?

O pai político da santa ignorância (burrice) que nunca sabe de nada, começa com o nosso popular presidente da república, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva. O site do estadão resgatou (de forma brilhante) tudo o que o nosso presidente deixou de saber, durante os momentos de crise que enfrentou.

- Em outubro de 2006, durante a crise aérea, o Lula disse que o governo não sabia da gravidade dos problemas na aviação.

- Durante a bomba estourada por Roberto Jefferson, sobre o mensalão no ano de 2005, o Lula disse que "não sabia de nada".

- Em 2006, antes da votação do primeiro turno, a polícia federal prendeu dois membros do PT com R$ 1,7 milhão que seria utilizado na compra de dossiê contra os tucanos. O presidente foi envolvido nos depoimentos para a polícia, mas novamente o Lula não sabia de nada.

- Em junho deste ano, o irmão do presidente - Genival Inácio da Silva - foi indiciado por tráfico de influência para explorar o caça níqueis, na operação Xeque-Mate, e o presidente afirmou que seu irmão estava mais para ingênuo do que para lobista.
....

Isto foi apenas uma palhinha do que o presidente não sabia. Como ele sempre manteve um ótimo índice de aprovação, outra leva de políticos aprendeu com ele e passou a usar a famosa frase: "Não sei de nada".

Na prefeitura de São Paulo, para reduzir gastos, a Secretaria de Educação cortou a refeição nas creches. Mais de 60 mil crianças iriam ficar com uma refeição a menos (sem café ou almoço). A polêmica correu na boca do povo e foi noticiada pela imprensa. O prefeito Gilberto Kassab, se mostrou surpreso com o fato e afirmou que "não sabia desta decisão". Diz ele que pode rever e voltar atrás (tomara que faça isto mesmo).

Em abril deste ano, o delegado federal - Protógenes Queiroz - ganhou passagem de avião dos deputados federais e disse que não sabia que as passagens eram pagas pela Câmara.

Em setembro de 2005, no auge do escândalo do mensalão, o ex-presidente do PT - José Genoíno - disse não saber de nada sobre o que se tratava, e afirmou que não existia caixa dois e nem mensalão (haha, faz-me rir).
_____

E hoje, durante o debate sobre o projeto de lei complementar - que tratava questões sobre a defensoria pública - o senador Arthur Virgílio do PSDB (que também não é flor que se cheire), cobrou do senador Renan Calheiros do PMDB (um traste em forma de gente), o nome do senador que manteve salário do senado para um presidiário. Calheiros não respondeu e a bola passou para o presidente da casa, José Sarney do PMDB (uma fábrica de desvios e corrupção) que afirmou... adivinha? que NÃO SABIA DE NADA!

Minha amiga super antenada @kellenrodrigues, destacou a frase no Twitter

Assistam com seus próprios olhos, clicando na imagem abaixo.

PS: Eles subestimam a inteligência do eleitor brasileiro. Nunca sabem de nada e nem devem saber o que foram fazer em Brasília. Ano que vem é ano de eleição, então vamos RENOVAR. (A internet é a nossa aliada)

9 comentários:

  1. Fico sem palavras com tanta cara de pau. Aff... tem remédio?
    Bjinho e muita paz.

    ResponderExcluir
  2. Coitados, são só desavisados. hehe

    Pode deixar Felipe, em 2012 eu saio canditada a vereadora e vou saber de muita coisa, tipo, quanto vou pagar para meus parentes, quantas vantegens terei em cargos públicos e tal.

    =)

    ResponderExcluir
  3. É um babaca mesmo, tenta assistir uma aula de ciência política seu asno e aí vc vai entender pq os políticos nunca sabem de nada.

    Vem falar mal do sr. presidente, só pq vc, seu merdinha estudou em colégio particular, acha que sabe mais do que um cara que foi de torneiro mecânico à presidente do Brasil?

    A lições mais valiosa meu caro, são dadas pela vida não por um diploma.

    ResponderExcluir
  4. Bill, poderia excluir seu comentário porque você não contra argumenta o que escrevi, e sim - agride com palavras de baixo calão.

    Porém, resolvi deixar o seu comentário, pois certamente és PTista e ficastes ofendido. Só lhe esclareço que não sou partidário e vou sempre CRITICAR quem fizer besteira.

    Seja o seu presidente um analfabeto ou com PhD.

    Pra mim, a desculpa do "não sei de nada" não é válida para quem ocupa um cargo público

    ResponderExcluir
  5. Felipe, tava esperando vc responder.

    Não sou petista, embora me identificasse com o partido antes do pragmatismo do presidente. Eu te ofendi, fato. E peço desculpas por isso. Fiquei extremamente espantado como ainda existem pessoas que não tem um mínimo grau de discernimento político. No calor do momento eu me exaltei, confesso que não pude resistir. São essas atitudes que acabam provocando essa falta de diálogo aberto e respeitável. Mas não se engane, eu acho realmente isso de você, mas essa não é a forma de se promover uma discussão. Peço desculpas novamente e sugiro que apague meu coment anterior, pq embora eu diga o que eu pretendia passar, acabou ficando eclipsado pelas palavras ofensivas.

    Mas o que mais me agride no seu post, é a sua seleção de discursos. Em que taxa o presidente de burro, analfabeto, etc. Preconceito, eu não tolero preconceito, sob nenhuma forma.

    ResponderExcluir
  6. Bill, também não tolero preconceitos e nem sou preconceituoso.

    Desnecessário apagar seu post anterior, pois vc reconheceu a sua exaltação e pediu desculpas por me ofender (está desculpado).

    Se verificares bem, algumas palavras do blog levam para sites que sustentam o que estou falando. A seleção dos piores momentos do Lula foi feito pelo site do Estadão.

    Coloquei aqui, não apenas os deslizes do presidente, mas de outras autoridades também (inclusive o Kassab).

    O ponto X que me fez desabafar aqui no blog, afirmando que não tolero este tipo de resposta (EU Não Sei de Nada), foi por causa do vídeo do senador Sarney dizendo que não sabia quem destinava salário do senado para presidiário.

    Este tipo de resposta não pode colar. Deve ser riscado do vocabulário dos políticos, tenham eles estudos ou não.

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. isso mesmo.. continuem lendo Estadão, Veja... e façam esses posts ridiculos...

    ResponderExcluir
  8. eu gosto das revistas e sites. não sei pq tem gente que não gosta e diz q eles são culpados por tudo de ruim

    felipe vc esqueceu de outras pessoas que tbm vivem esquecendo das coisas. tenho um email cheio disso

    ResponderExcluir
  9. Tamos lançando um novo partido em Criciúma. Só de blogueiros. Nós e o Chicuta. PC do Cho e PC do Putz. Coligação: CHIPUTZ.

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso