quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Eu vejo um novo começo de era... FELIZ 2010!

Eu vejo a vida melhor no futuro
Eu vejo isso por cima do muro
de hipocrisia que insiste em nos rodear
Eu vejo a vida mais farta e clara
Repleta de toda a satisfação
Que se tem direito
Do firmamento ao chão
Eu quero crer no amor numa boa
E que isso valha prá qualquer pessoa
Que realizar a força que tem uma paixão
Eu vejo um novo começo de era
De gente fina, elegante e sincera
Com habilidade pra dizer mais sim do que não...


Caríssimos, esta é a minha última postagem de 2009. Finalizo os trabalhos na cidade, depois vou para praia curtir o mar, aproveitar o sol (se São Pedro deixar), festar com os amigos e brindar a chegada de um novo ano que está para nascer.

Amo esta época. É um período em que tudo se renova e, numa noite, ficamos com as esperanças e as energias renovadas na expectativa de que o próximo ano será muito melhor. Lembra dos planos que não deram certo neste ano? No próximo vai dar. Lembra das promessas de uma vida melhor? No próximo ano vai se realizar. É assim, sempre foi assim e que bom que é assim.

Mesmo quando nada do esperado acontece durante o ano, a passagem de um ciclo para outro transforma o nosso espírito e nos faz acreditar que desta vez vai ser diferente (e assim será)... E vocês, já estão prontos para festejar? A sidra já está na geladeira? (kkkkk, eu e minhas manias de pobre)

Quero desejar a todos que visitam este blog um ÓTIMO 2010. Que ele venha repleto de bons acontecimentos e que possamos registrar em nossos blogs e álbuns da vida somente o que há de melhor. Até o ano que vem e não esqueça:

Hoje o tempo voa amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
E não há tempo que volte amor
Vamos viver tudo o que há prá viver
Vamos nos permitir

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

2009 já acabou?

Hello peoples! (fiz curso de inglês? NOT, só quis fazer uma saudação diferenciada... tá bom, ficou meio gay, dá nada).

Falando em saudação, quero mandar um SALVE para todos os trabalhadores que não tiraram férias neste final de ano o/

Quero mandar um SALVE pro Blogger que ficou mais off do que online nestes últimos dias, nem deixou eu visitar a galera e comentar nos blogs, justamente quando estava com tempo.

E quero mandar um SALVE para toda falsidade entre as pessoas, que se faz muito presente na época de natal.

Então o Natal passou, a Simone pode descansar a garganta (depois de tanto cantar a sua musiquinha) e 2009... já acabou? Ainda não, mas estamos quase lá \o/

Li um artigo do Lúcio Packter, publicado no Jornal da Manhã desta segunda-feira (28/12/09), muito digno de leitura. Ele fez um compacto dos acontecimentos do ano numa junção a nossa correria diária. Ps: Pra ler melhor o artigo, pode clicar em cima dele.
E ele tem razão: As informações chegam para nós numa velocidade alucinante e grande parte só vai cair a ficha lá por 2013.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Então é Natal...

Não poderia deixar de postar nesta época do ano (no primeiro natal que este blog pode acompanhar) a famosa musiquinha da Simone que nos azucrina tanto. A música "Então é Natal..." é linda, mas chega a ficar enjoada por ser tão repetitiva neste período.

Em cada esquina, em cada loja, a música está lá tocando no volume 18 nos dizendo que "Então é Natal e o que você fez?" Esta pergunta me dá calafrios, pois sei que o ano acabou e então cai à ficha que não fiz tudo o que queria ter feito. Onde foi parar a minha promessa de não deixar para amanhã o que posso fazer hoje, quando estourei o espumante no início do ano? (Sim, era Sidra).

Cadê as juras de amor eterno para a pessoa amada na época, ao pular uma das sete ondinhas? E as minhas contas todas quitadas, pagas a vista e em dia... cadê este sossego que prometi me dar em 2009 ao comer as lentilhas? Continua tudo igual, muitos planos e poucas concretizações.

Mas nem tudo é lamentações (graças a Deus). Mais um ano chega ao fim e minha família e eu estamos com saúde, empregados, com casa para morar e alimentos para degustar todos os santos dias. Este ano que passou foi turbulento, com muita luta, suor e sacrifício... entretanto cresci, amadureci, desbravei novos horizontes na minha profissão. E vou passar a virada (não necessáriamente junto) com todos os entes queridos vivos e saudáveis (que DEUS assim queira).

Quantas pessoas vão enfrentar a ceia natalina com um espaço vazio na mesa? E quantas outras famílias desestruturadas nem vão se reencontrar? É preciso agradecer pelas coisas boas desta vida, pois não estamos imunes de passar por anos e noites traiçoeiras. Nem todo ano será bom, mas se tivermos forças para lutar, nem todos os momentos serão ruins.

É preciso ter garra para receber o novo ano que está por vir e fé de que melhores momentos virão. Mesmo que isso custe pular novamente as sete ondas, fazer pedido na hora do estouro do espumante e comer lentilhas no almoço do dia primeiro.

Não lembro o autor desta frase, mas posto aqui concordando com tudo que ele diz. "O homem morre no exato momento em que desiste de lutar e se acovarda diante dos obstáculos, sem ao menos tentar".

Então, todos preparados para o Natal? Não sei se voltarei a postar antes de janeiro (provavelmente sim), mas deixo os meus votos de um FELIZ NATAL e um ANO NOVO TAMBÉM. E como diz aquela canção tão famosa: "Que seja feliz quem souber o que é o bem".

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Sinto por cada morte de animal que sofre

Não posso ver cães, gatos e entre outros animais que são maltratados, sofrer e morrer. Pode parecer absurdo o que vou confessar, mas sinto mais a morte deles do que de muitas pessoas por ai. A justificativa para isto é que o ser humano pode falar, se defender e ir em busca daquilo que quer, já o pobre animal não tem como.

A notícia da semana que causou comoção e indignação por todos que tem carisma e gosto por estes bichinhos, foi publicada no Portal Engeplus através da jornalista Ariadne Niero. Era terça-feira (15 de dezembro) e fazia muito calor em Criciúma. A sensação térmica era mais de 30 graus na rua.

Um homem foi visitar um parente no hospital São João Batista e deixou o cão preso e esquecido no carro. Funcionários e populares, ao verificar o problema, arrombaram a carroceria do veículo para resgatar o cachorro. O pobrezinho estava desmaiado e a notícia está no link abaixo com fotos.










Isto não se faz. Deixar uma criança, idoso ou animal preso no carro com a temperatura altíssima é um crime. Se não pode levar alguém contigo no local predestinado, então para que levá-lo e deixar amarrado no veículo?

Os populares levaram o cão para uma clínica onde todos os cuidados foram realizados. O dono? Vai responder por um termo circunstanciado na Polícia Militar.

E nesta quinta-feira (17 de dezembro) o cachorro não resistiu à fraqueza mais a angústia do abandono e veio a falecer. A notícia foi postada no Portal Engeplus pela jornalista Daniela Niero, e - óbvio - fiquei profundamente triste junto com outras pessoas que também gostam de cães.


"Quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." (Arthur Schopenhauer)

Quem tem um cão em casa é suspeito em falar (meu caso), mas eles são muito fiéis e incansáveis para nos agradar. Schopenhauer foi muito feliz ao afirmar que nenhum homem é bom quando é cruel com os menos prevalecidos. Uma demonstração de fidelidade do cão está neste vídeo da União de Zoofilia.

"Um cão é a única coisa na terra que o ama mais do que ama a sí mesmo." ( Josh Billings )

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Corre, corre

Olá meus poucos visitantes fiéis, por quem tenho muita estima e apreço (bonitas palavras hein? aprendi no serviço). Fim do ano se aproxima e estou numa correria absurda para por as coisas em dia no trabalho e da vida pessoal. Naturalmente muitas pessoas estão assim também, porque natal e ano novo chega para todos.

Hoje a minha postagem é do típico preguiçoso que dá ctrl c + ctrl v no texto dos outros. Só que o texto é tão bacana e a mensagem fecha tanto com a correria diária que vivemos, que vale a pena ser lido por vocês. O autor? Paulo Gaefke, sempre antenado com os nossos problemas diários.

Corre, Corre

"Todo trabalho do homem é para a sua boca; e, contudo, nunca se satisfaz o seu apetite" (Eclesiastes 6:7)."


Corre atrás do cheque que está voando.
Corre atrás da prestação da casa, do carro, da escola.
Corre atrás do crédito do celular, do cartão de crédito estourado.
Corre atrás do emprego melhor.
Corre atrás do amor feito ás pressas.
Corre atrás do peso que precisa perder.
Corre atrás da palavra que foi mal - dita,
Corre...corre...corre...

Correr para onde?
Qual o sentido de tamanha loucura?
Você conhece a sua família?
Lembra das datas de aniversário de cada um dos entes queridos?
Ainda se lembra do seu aniversário?
Você se viu no espelho essa manhã?
Reparou na cor dos seus cabelos?
Que cor está o céu agora?
Que cor é a sua roupa intima de hoje?
O que você comeu no almoço de domingo?
Correr para onde?

Desacelere-se!
Reveja prioridades.
Desfaça-se do que não for realmente útil e interessante.
Dois ou três celulares?
Dois ou três carros?
Dois amores?
Dois medos?
7 dias de trabalho?
23 horas de estresse puro?
Você ainda vive?

É o momento de parar e refletir:
Onde você quer chegar?
Será que é preciso toda essa loucura?
Tempo de reflexão...será que você tem tempo para pensar?
Se puder, pense em você, como quem merece atenção,
admiração, carinho, serenidade, e principalmente:
respeito!
Pense...não vá na enxurrada do mundo,
fique sobre as ondas, ainda que apenas boiando...
_____
Muito Bom, é o tipo de mensagem que nos leva a pensar para mudar o foco da nossa vida.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Porque sei que é amor?

eu não peço nada em troca...♫

Como é bom estar com o coração bem ocupado né? Principalmente quando é correspondido... Não é o meu caso, infelizmente, até porque não me declarei para ela (mesmo se declarasse, não sei se faria diferença).

Mesmo assim é bom poder sonhar, fazer planos futuros e gostar de alguém. É interessante como nos preocupamos com esta pessoa até mais do que conosco. A Pitty sabe disso ao dizer que "As vezes que eu me distraio e se não me vigio num instante, me transporto pra perto de você..."

Neste misto de sentimentos, a Vanessa da Mata faz um questionamento: "Como pode ser gostar de alguém e esse tal alguém não ser seu?" Não é nada legal quando se deseja uma pessoa e ela ser de outro. É claro que não. Porém, quando desejamos alguém e esta pessoa não é de ninguém, é mais tranquilo. Ficamos bobalhões, felizes, apaixonados, enfim.

O grupo Inimigos da HP entendeu bem este sentimento, ao dizer que "Estar apaixonado pode ser muito engraçado, a gente fica sem noção". A Claudia Leite compreendeu e completou "Coração apaixonado é bobo, um sorriso seu ele se derrete todo..." e por isso "Só fico pensando em você e é sem querer, você não sai da minha cabeça mais".

Os cantores brasileiros sabem bem o que é o sentimento de paixão e a palavra amor. Não é a toa que 90% (penso eu) das canções falam sobre isto. São inúmeras idas e vindas neste sentimento louco que domina a gente. São raras as pessoas que sentem isto por uma só pessoa durante toda a vida. Hoje gostamos de alguém, amanhã de outra e assim vai, porque a natureza humana não é fácil. Roberta Miranda confessou isto, quando disse que "Em meu coração, os amores vem e vão. Quando pude escolher, me cansei de perder...".

E quando desejamos muito estar com ela, mas sabemos que no presente não vai ser possível, o Armandinho canta uma música que nos conforta. "Talvez não seja nessa vida ainda, mas você ainda vai ser a minha vida". E quando isso acontecer, ele completa o desfecho na mesma canção. "Então a gente vai fugir pro mar, eu pedir pra te namorar. Você vai me dizer que vai pensar, mas no fim... vai deixar".

Depois de ficarmos juntos com quem sempre desejamos, como saber se o sentimento por aquela pessoa é amor e não outra coisa passageira? Isto só o tempo vai dizer, mas o Titãs deixou a dica. "Porque sei que é amor? Eu não peço nada em troca. Porque sei que é amor? Eu não peço nenhuma prova..."

Então a vida segue, pois temos sede de ser feliz e para que isto aconteça, precisamos de alguém no mundo. Como disse o Toquinho "Pra gente ser feliz, tem que cultivar as nossas amizades, os amigos de verdade. Pra gente ser feliz, tem que mergulhar na própria fantasia da nossa liberdade..." :)

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Voar voar, subir subir... ♫

Vagando pela internet, encontrei este vídeo de uns jovens aprendendo a voar com o gás hélio. Por que não né? Não falta mais nada pra criatividade humana.



Voar voar, subir subir... ♫

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Serviços de SMS Oportunistas

Salve, salve galerinha que me espia diariamente. Tenho vocês como parte de uma grande família virtual, onde não nos conhecemos pessoalmente (alguns até sim), mas trocamos ideias, compartilhamos sentimentos e um visita o outro pra saber o que se passa? Qual é a angústia que os aflinge e o que aconteceu de interessante para contar?

Já que vocês (40 visitantes diários) fazem parte deste ciclo familiar de blogueiros seletos, vou contar uma coisa: COMPREI UM CELULAR NOVO (emoticon com cara de óhhhhh e o kiko?). Sim, eu sei que não é grande coisa para vocês, mas pra mim é. Poxa galera, sou cliente da Claro há sete anos e nestes sete anos estava com o mesmo aparelho, ninguém merece. Até que um dia ele parou de falar e então mandei buscar um novo (via mercado livre).

O chato disso tudo é que perdi alguns contatos que não estavam armazenados no chip (carinha de triste). Várias pessoas que eu falava nos tempos de escola e outras que me fizeram bem por um determinado tempo, não tenho mais o número.

É triste, mas por um lado é bom. As vezes é preciso renovar - deixar os contatos que se perderam no tempo - e valorizar quem faz o nosso dia a dia, que liga, está presente e se preocupa conosco.

Se algum dia um destes contatos que ficaram para trás (e fizeram falta) retornar, terei o maior prazer em restabelecer o diálogo e atualizar o número no meu novo celular. Caso contrário, perde-se em definitivo o contato e ficam as boas lembranças de conversas estabelecidas.

FILIPE, o que tem haver os serviços de SMS oportunistas com os teus contatos perdidos? Nada minha gente, só para dizer que troquei de celular mesmo hehehe (Oi?).

Então, já que era para atualizar o meu celular, avacalhei. Peguei um bem bonito com espaço pra DOIS chips. O que fiz com o novo espaço? Adquiri um chip da Tim e agora posso falar de graça com TODOS os meus amigos, pois eu era o único que só tinha Claro :(

E aí que mora o problema. Neste meu novo número (que é tão bonito e fácil de gravar) começei a receber mensagens (sms) bonitas, engraçadas. Achei muito legal e até pensei: "Quem será a pessoa que gosta tanto de mim pra ter o meu número novo e enviar estes recadinhos?" Infelizmente esta pessoa se chamava NINGUÉM.

Trata-se de um daqueles serviços de SMS que pegam o nosso número, enviam recados e nós pagamos por isso. Mas como fui cair numa armadilha desta no número que recém ativei na Tim? R: SDS (só Deus sabe). O que vi é que, esta brincadeira divertida, me deixou EXTREMAMENTE mal humorado quando vi mais de R$ 2 em créditos consumidos.

Cancelei este serviço de porcaria e, por ser cliente novo na Tim, não quis ser chato em reclamar. Sabe qual foi a última mensagem que eles me mandaram? Veja só: "Adolescentes são pessoas que viram crianças quando não os tratam como adultos".

É pra rir ou pra chorar? Quem fez isto comigo deve ser um adulto com mente de criança e que nunca saiu da adolescência. #prontofalei

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

O Brasil que fica para trás

O nosso país tem um dos hinos nacionais mais lindos do mundo. Somos suspeitos em falar (porque moramos aqui), mas cada vez que ele toca em algum lugar, o nosso orgulho de ser brasileiro vai lá no alto (menos quando a Vanusa canta) e mostramos ao mundo o quanto gostamos do nosso país (embora dentro do Brasil esquecemos de demonstrar isto).

Como diz o hino: "Gigante pela própria natureza", o nosso Brasil tem uma extensão territorial de 8.511.965 km2, sendo o quinto país mais extenso do mundo (fonte: IBGE). Devido ao tamanho, possuímos três fusos horários. O horário oficial de Brasília que abrange o centro do país até os estados da costa leste que tem fronteira com o oceano.

Temos (também) o horário da Amazônia com 1h a menos que as outras regiões e que abrange os estados do norte e alguma parte do centro-oeste. E o Acre (que está lá no extremo do Brasil) com 2h a menos que o horário de Brasília.

Nesta quinta-feira (3) assisti um dos melhores programas da atual televisão brasileira. O Por Toda a Minha Vida - da Rede Globo - que trouxe um especial sobre o Raul Seixas. O programa dispensa comentários, apresentado pela bela Fernanda Lima, a atração aprofunda à biografia do artista que já faleceu para mostrar como ele era, como foi a trajetória, as músicas que fizeram sucesso e marcaram época.

Após o término do programa (perto da meia-noite) a insônia me visitou, então fui para o Twitter interagir com os outros (sem sonos) e comentar sobre este especial com quem assistiu. O legal do Twitter é isto: todos falam ao mesmo tempo, trocam ideias e interagem. E numa destas atualizações, li o que a Josi Silva escreveu.


Intrigado, perguntei para ela:



E ela respondeu:

Então questionei:


E ela concordou:

É... uma parte do Brasil fica para trás (pena)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso