sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Sinto por cada morte de animal que sofre

Não posso ver cães, gatos e entre outros animais que são maltratados, sofrer e morrer. Pode parecer absurdo o que vou confessar, mas sinto mais a morte deles do que de muitas pessoas por ai. A justificativa para isto é que o ser humano pode falar, se defender e ir em busca daquilo que quer, já o pobre animal não tem como.

A notícia da semana que causou comoção e indignação por todos que tem carisma e gosto por estes bichinhos, foi publicada no Portal Engeplus através da jornalista Ariadne Niero. Era terça-feira (15 de dezembro) e fazia muito calor em Criciúma. A sensação térmica era mais de 30 graus na rua.

Um homem foi visitar um parente no hospital São João Batista e deixou o cão preso e esquecido no carro. Funcionários e populares, ao verificar o problema, arrombaram a carroceria do veículo para resgatar o cachorro. O pobrezinho estava desmaiado e a notícia está no link abaixo com fotos.










Isto não se faz. Deixar uma criança, idoso ou animal preso no carro com a temperatura altíssima é um crime. Se não pode levar alguém contigo no local predestinado, então para que levá-lo e deixar amarrado no veículo?

Os populares levaram o cão para uma clínica onde todos os cuidados foram realizados. O dono? Vai responder por um termo circunstanciado na Polícia Militar.

E nesta quinta-feira (17 de dezembro) o cachorro não resistiu à fraqueza mais a angústia do abandono e veio a falecer. A notícia foi postada no Portal Engeplus pela jornalista Daniela Niero, e - óbvio - fiquei profundamente triste junto com outras pessoas que também gostam de cães.


"Quem é cruel com os animais não pode ser um bom homem." (Arthur Schopenhauer)

Quem tem um cão em casa é suspeito em falar (meu caso), mas eles são muito fiéis e incansáveis para nos agradar. Schopenhauer foi muito feliz ao afirmar que nenhum homem é bom quando é cruel com os menos prevalecidos. Uma demonstração de fidelidade do cão está neste vídeo da União de Zoofilia.

"Um cão é a única coisa na terra que o ama mais do que ama a sí mesmo." ( Josh Billings )

3 comentários:

  1. “… Um cão não busca grandes carros, casas luxuosas, ou roupas de marca.
    Com água e comida ficará bem.
    Um cão não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro.
    Dê seu coração que ele lhe dará o dele.
    Quantas pessoas podem te fazer assim tão puro e especial?
    Quantas pessoas fazem você se entir realmente extraordinário?”
    (Marley & Eu)

    ResponderExcluir
  2. na amizade tudo tem seu preço pois um cão não abandona seu dono mesmo que ele esteja morto, mais o seu dono tem este defeito quando seu melhor amigo morre ele nem liga para um belo enterro.
    Nós humanos não entendemos esse afeto e amor que os cães tem por nós mesmo que eles não possam falar mais se expressa com sentimentos de amor e carinho, coisa que nós não damos muita atenção para eles e sempre vem aquela resposta inguinorante de sempre, que os cães são animais e não sabem de nada, errado nós somos animais e não entendemos nada que eles sabem que é dar valor e amor sem cobrar nada só seu carinho já é suficente coisa que não damos muito só tristesa e despreso coisa que o homem sabe fazer mais nesta vida é dar despreso a quem ama ele muito...

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso