domingo, 28 de fevereiro de 2010

Sempre ao seu Lado

Assisti neste final de semana o filme Sempre ao seu Lado que tanto queria ter ido ver no cinema, mas que fui impossibilitado por enchentes, falta de companhia, trabalhos, outros compromissos e aniversários (problemas sempre das quartas-feiras, bem no dia que é mais barato). O filme é divino, baseado em fatos reais e destaca bem a lealdade dos cães junto aos donos.

Não vou contar como é a história por aqui, porque senão vocês já vão imaginar o final. E não tem nada mais chato do que você assistir um filme sabendo do que vai acontecer, porque alguém viu antes e resolveu abrir a boca. Qual é a graça, poxa? Quando me contaram o que acontecia - antes de eu assistir - fiquei p* da vida. Só posso dizer isso: Quem ama os cães, deve muito assistir porque vale a pena.

E quer saber? Os diretores de filmes tem que parar de lançar filmes emocionantes de cães do tipo Marley e Eu; Sempre ao seu Lado... porque eu choro. Eles venceram, não consigo segurar as lágrimas com as histórias destes seres maravilhosos e fiéis. A história apresentada neste filme que assisti, me lembrou de uma outra muito antiga que compartilho aqui.
______

A emocionante história de Greyfriars Bobby

Bobby era um cão da raça Skye terrier que e se tornou muito famoso na Escócia quando seu dono, John Grey, morreu e foi enterrado no cemitério Greyfriars Kirkyard, em 1858. Por 14 anos após a morte de seu dono, Bobby recusou-se a permanecer longe do cemitério uma noite sequer, até sua morte, em 1872.

James Brown, o antigo zelador do cemitério, lembrava-se do funeral de John Grey e de seu cão, "Bobby", que, em sua opinião era o mais triste entre os presentes.

Após o enterro, o túmulo foi fechado como sempre e, na manhã seguinte o zelador James Brown entrou "Bobby", deitado sobre o túmulo... James Brown obviamente não poderia permitir a presença do cão, especialmente diante da placa na entrada do cemitério proibindo a presença de animais e não pensou duas vezes em expulsar Bobby do cemitério.

No entanto, na manhã seguinte, apesar da umidade e do frio, lá estava Bobby novamente, deitado sobre o túmulo de seu dono. James Brown se comoveu com a lealdade de Bobby, que voltava ao seu dono mesmo recebendo o carinho e a caridade dos moradores do lugar e por isso, desistiu de expulsar o cão novamente.

A lealdade de Bobby era tanta que mesmo debaixo de chuva ou frio, eram inúteis as tentativas de mantê-lo abrigado durante a noite. Ele sempre arranjava um jeito de escapar e voltar ao cemitério. Os moradores do local, sensibilizados pela atitude de Bobby alimentavam o cão, pagavam suas taxas e derem-lhe uma coleira para que fosse devolvido se se perdesse.

O ritual de Bobby durou 14 anos, até que ele morresse. E sua lenda era tão forte que, após sua morte, a baronesa Burdett Coutts mandou construir uma estátua em homenagem ao cão no próprio cemitério.
________

Não posso com isso... só quem tem um cão e o ama para entender sobre o que estou falando :'(

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

#NOBCriciúma4 - Vamos então?

Morar na cidade de Criciúma é muito interessante, pois ela tem uma mistura de cidade grande e cidade pequena com inúmeras peculiaridades. Com quase 200 mil habitantes, a cidade parece grande pelo seu potencial de desenvolvimento, na variedade de serviços oferecidos (clínicas, lojas, mercados, eventos diversos, etc...) e no tamanho do coração de seu povo (que é muito solidário).

E ela parece pequena na incapacidade de cuidar das ruas (detonadas), de conseguir executar grandes obras (anel viário, via rápida, aeroporto decente) e porque parece um ovo. Um ovo? Sim, quase todo mundo se conhece e caminhar no centro é pedir para levantar o braço umas três vezes (no mínimo) para cumprimentar estes conhecidos.

Outro diferencial que chama atenção é a quantidade de blogueiros e tuíteiros que temos nesta terra do carvão. Muitos se conhecem além da telinha do computador, mas outro tanto nunca viu a pessoa do outro lado (nem mais gorda e nem mais magra), a não ser por fotos de avatares.

Mesmo não conhecendo, todos interagem e trocam ideias com estes contatos virtuais via blogs e redes sociais. Gostaria de conhecer outra cidade em que as pessoas interagem tanto pela web, parecendo velhos amigos ao formar uma grande união com troca de conhecimentos.

Com objetivo de reunir parte desta tropa - especialmente de tuíteiros - e fazer a galera se conhecer pessoalmente para trocar frases com mais de 140 caracteres, a @Priscilaadv (assumiu a bronca) organiza o #NOBCriciúma4, que acontece nesta sexta-feira (26) a partir das 22 horas no La Bodega.

E o que quer dizer NOB? Também não sabia, mas quando participei do terceiro encontro descobri que era Nerds on Beer (ou seja, Nerds também amam... mentira, Nerds e Bebida). Eu vou, vamos? (agora ninguém vai mais). Sei que não tem muita graça o fato de eu ir, mas olha só... alguns blogueiros famosos tipo o Chicuta, a Deise Duarte, Juliana Dacoregio e a Kellen Rodrigues também vão (agora vocês vão né).

Vamos todos! Será um momento para descontrair e interagir pessoalmente com a animação da banda The Followers que vai tocar os sucessos desde o Windows 95 até o XP. De quebra, a @Priscilaadv chamou toda a imprensa para cobrir, então será a chance da gente sair nas fotos e ficar famoso na Veja, Caras, Contigo... até na Rádio Criciúma e Sul Notícias.
____
Atualização de 27/02/2010
Como não vou fazer um post falando como foi o NOB, tiro a curiosidade de vocês por aqui afirmando que foi um sucesso. Quem não foi, perdeu! Foi uma ótima oportunidade para conhecer as pessoas muito além dos 140 caracteres do Twitter e saber da boa personalidade que há por trás de cada foto no avatar.

Quer ver as fotos? Clica no link da
Rádio Criciúma e Sul Notícias.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

O Split que se Exploda!

Quando ganhamos um ar condicionado no local de trabalho, fizemos A festa, pois era o fim do martírio de ter que trabalhar com o suor pingando junto com o cheiro nada agradável querendo aparecer na temperatura ambiente acima de 40 graus.

Bendito seja o homem que inventou o ar condicionado, esta coisa linda de Deus que (com apenas um clique do controle) te tira do deserto do Saara e te leva para a beira mar, debaixo do sombreiro como se tivesse com água de coco. A sensação de estar refrescante em dias que até o fogo pede água é indescritível.

Nossa mordomia ia muito bem, até o ar condicionado resolver fazer greve por causa do calor. A cada cinco minutos o dito cujo resolveu desarmar e não teve mais jeito para funcionar. Chamamos um técnico para averiguar o problema e depois de muito implorar, um apareceu. O que ele disse?

- Moço, esse ar condicionado Split para de funcionar por causa do calor. O motor não refrigera e ele desliga para não queimar o compressor. Isso é muito comum nesta época e atendemos outros 500 chamados com o mesmo problema.
- COMO É QUE É??? Quer dizer que por estar muito quente ele não vai trabalhar?? Ou seja, só podemos usar este ar condicionado no inverno?
- Parece piada né? Mais se tá muito quente ele é assim, desarma. Faz o seguinte: Vocês deixam ele um pouco desligado, repousando e depois ligam que volta a funcionar.
- Já fizemos isso seu técnico, mas ele continua desarmando e não quer TRABALHAR... E agora?
- Agora vocês repetem a dica que passei. Se o problema insistir, ou vocês esperam diminuir este calor ou me chamam.

HAHAHAHAHA, chamar o cara que mandou a gente se conformar com o calor e disse que quase todos SPLIT estão com o mesmo problema? Mas nemm... ele nem olhou direito o motor, nem viu se tinha que rebobinar uma pecinha lá do ar e só mediu a pressão do gás.

E agora estamos nós, derretendo ao trabalhar com 40 graus na sala, enquanto o ar Splitnojo cruza os braços e faz greve de calor. Se ele tivesse rosto, aposto que estaria rindo de cada gota de suor escorrida no corpo por culpa dele.

Uma vez pensei em colocar o ar condicionado Split em casa, mas agora quero que ele se EXPLODA! Vou me contentar com aquele ar quadradinho de quebrar parede mesmo, porque ao menos eles não param devido o calor.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Cerveja faz bem para os ossos \o/

Quem diria que o nosso combustível etílico das festas teria alguma serventia útil, além de descontrair os ambientes em que há pessoas confraternizadas...

Cientistas americanos (que tem muita coisa para fazer) descobriram que a cerveja faz bem para os ossos. Este estudo foi divulgado no início de fevereiro, mas só agora que acabou todas as festividades do carnaval é que eu fui saber. A Fonte? Journal of the Science of Food and Agriculture e Info.

Se eu soubesse antes (deste bem precioso para o corpo) teria comprado mais cerveja para me proteger festando. Vou até abrir aspas para colar a explicação deles. "O segredo está no silício presente na bebida - ou melhor - o ácido ortosilícico, que é a forma hidrossolúvel do ingrediente que aumenta a densidade mineral dos ossos".

PS: Acho que esta é a única explicação plausível do por quê o bêbado tanto cai e pouco se machuca.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Acabou o carnaval, então FELIZ 2010 :D

É minha gente, o carnaval acabou e passou voando. Parece até que foi ontem, quando fiz um post sobre a minha expectativa para chegar às festividades desta data e curtir o que há de melhor em Laguna. A ansiedade era tanta que a palavra "expectativa" foi frisada várias vezes, onde mais um pouquinho iria ficar um texto só contendo esta palavra =)

Acabou-se o que era doce, agora o ano começa de vez. Não dizem que o Brasil só começa depois do carnaval? Pois é, hoje já enfrentei filas no terminal de ônibus para recarregar o cartão, o trânsito estava caótico e o centro abarrotado de estudantes começando o ano letivo.

Acho engraçado esta época, lembro de quando estava no colégio. A gente começava com caderno novinho, lápis, borracha, caneta, tudo como manda o figurino. Porém as coisas bonitas iam sendo depenadas conforme as matérias de estudo acumulavam (principalmente nas aulas chatas).

E o meu carnaval, como foi? Aproveitei, curti? Sei que este blog não é bem um diário (será?), mas a quem interessar possa, o meu carnaval em Laguna foi ÓTIMOOOOOO. Finalmente conheci o carnaval mais famoso do sul do Brasil. Dá uma olhada no vídeo que fizeram por lá.


O melhor carnaval de rua

Deu pra perceber a animação que foi... Carnaval é alegria, agito, festa, diversão e muita azaração. O meu teve muito disso, exceto a parte final. Sei que pode parecer um espanto galera, mas fui para curtir, aproveitar mesmo com os amigos, beber e rir até dizer chega. É raro alguém confessar que vai para Laguna e não dá uma "lapada na rachada" (homens: sempre mentem e contam vantagens neste sentido), mas sim... existe e não são poucos.

Não comi ninguém e só não fiquei sem beijar também, porque levei um beliscão enquanto passava na rua de uma semi princesa cujo nome nem lembro. Sei lá, to mais para diversão mesmo entre grupo de amigos e amigas, sem procurar me amarrar com alguém, sabe? Deve ser por conta de uma desilusão amorosa que vivi recentemente o que me fez querer dar um tempo para muita coisa. Mais como tudo nessa vida é fase, logo isso também passa.

Então curti um monte, voltei todos os dias de madrugada, a galera era A MELHOR e perdi meu pé junto com a coluna neste carnaval. Não é fácil ficar numa barraca galera. Isso é bom para quem vai descansar, e não festar.

O cara chegava ao camping podre da rua, dormia num colchãozinho fuleiro que mais parecia o chão e acordava todo dolorido. Sem contar a companhia dos mosquitos gigantes que cantavam à noite e mais as gaivotas na árvore de cima que faziam chover coco na lona da nossa barraca.

Acampar é bom, mas quando todos são marinheiros de primeira viagem é preciso tomar cuidado. Da próxima vez quero decidir o meu programa de carnaval mais cedo e conseguir vaga no apartamento ou casa da outra turma que ficaram hospedados com 15 pessoas.

Agora o ano começa de vez e eu estou podre, me arrastando de cansaço. Como disse a Carol Almeida no Twitter: "Agora preciso de mais quatro dias para descansar destes quatro dias de carnaval que passaram"... é isso aí, FELIZ 2010 :D

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Alá-lá-ô, ô ô ô - É carnaval \o/

Meus 40 visitantes diários, a camisinha de vocês já está na mão?
A cerveja já está na geladeira?
As malas estão prontas?
E aquele CD HIT do momento, já foi gravado?

É carnaval minha gente!!! \o/
O nosso país de lindas mulheres, bundas e peitinho vai parar até quarta-feira para a galera encher a cara, andar cambaleando, falar quase "inglês" e festar até o corpo se atirar no chão pedindo descanso.

Carnaval também é época de troca a troca. Homens se vestem de mulher e vice versa onde todos saem por ai desfilando na rua se achando a coisa "mais linda" do mundo, tudo em nome da diversão. E o governo? Gosta, aprova e distribui camisinha onde cada um sai com o bolso cheio delas, tudo em nome da prevenção.

Olha, eu gosto de carnaval e não critico quem não suporta. Muitos aproveitam este período para ficar longe da folia, descansar, se retirar e colocar a cabeça no lugar. Retiros espirituais são bem vindos também. Por dois anos consecutivos frequentei o retiro Vinde e Vede da RCC de Criciúma. Curte ali o vídeo do último que fui.

Foi maravilhoso, enquanto os meus amigos caiam na farra em festas da região, eu estava lá com outras centenas de pessoas me divertindo sem bebida alcóolica e colocando o meu espírito em dia. Sim, como diz o ditado "nem só de pão vive um homem".

Este ano ninguém quis ir comigo para o retiro, então optei por uma coisa diferente. Conhece o carnaval de Laguna? Pois é, é pra lá que vou. Com 22 anos de idade me ofereço este direito de conhecer um dos carnavais mais famosos do estado de Santa Catarina.

Confesso que a expectativa é muito grande. Por toda minha vida só ouvi falar e nunca fui. Vi fotos, vídeos e os depoimentos da galera que se divertiu à bessa e eu nem por fora de tudo isso. Estava num lugar bom também, mas se eu não aproveitar para festar e zoar na juventude, quando vou fazer isso?

Então embarquei na onda dos amigos e aceitei o convite. Vou para lá no sábado e voltar só na terça. É fato que a expectativa é grande, pois vou ver in loco aquilo que só ouvi falar (e muito bem por sinal). Tirando o cheiro de xixi que fica impregnado nas ruas (lamentável), falam que a diversão é a melhor que tem. Olha ali o vídeo de como é um pouco o carnaval de lá.

Ficaremos num camping. Faça chuva ou sol, dizem que a barraca é bem segura. Nada comparado com aquelas tocas do gugu que frequentei quando criança. Mais aquela criança de 7 anos já cresceu né? Então é hora de crescer para a vida e vivenciar novos acontecimentos.

Por enquanto só dor de cabeça. O local que iríamos ficar já mudou, o preço do aluguel aumentou e vou ter que levar mais coisas que não estava prevista, mas faz parte. A vida da gente sem um pouco de aventura fica sem graça, até mesmo para quem sofre de ansiedade e gosta de ver tudo certinho, como eu.

Independente de como será o seu carnaval (na diversão ou em local mais reservado) desejo para todos vocês um ÓTIMO carnaval. Juízo né povo, é aquele negócio. Bebeu? Dorme no local ou no carro, calçada, mas nem invente de dirigir. Nem combina ;)

E vamos nós em ritmo de Allah-lá-ô, ô ô ô ô ô ô...
Mas que calor, ô ô ô ô ô ô
Atravessamos o deserto do Saara
O sol estava quente
Queimou a nossa cara \o/

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Eu Quero!

Quero uma vida sem turbulências
Quero os meus planos não mais mergulhados por água abaixo
Quero comemorar uma conquista, sem lamentar por um novo problema
Quero um mar de águas mansas
Quero alguém que me entenda 100%
Antes, quero me entender 100%
Quero curtir a vida adoidado, sem me preocupar com o relógio
Quero fazer as coisas porque tenho vontade, e não por obrigação
Quero ganhar o suficiente para custear os meus sonhos e diversão
Quero me afastar de gente desagradável
Quero me aproximar de pessoas legais
Quero saúde abundante até os 85 anos da minha vida
Quero resolver meus problemas no mesmo dia que eles aparecem
Quero viajar mais
Quero ler mais
Quero um carro novo com ar condicionado
Quero...
Quero... e
Quero!

Não sou o único, o mundo está cheio de pessoas assim. Por todos os lados, amigos, parentes e desconhecidos caminham pensando naquilo que querem conquistar. Há quem queira trocar a casa, outros querem ganhar na mega-sena e alguns só querem alguém para conversar.

O caso é que passamos 24 horas querendo alguma coisa ou várias coisas ao mesmo tempo. Ninguém pode dizer que está plenamente satisfeito e não quer mais nada, porque sempre haverá algo melhor e um desejo de querer alguma coisa (nem que seja ficar em PAZ).

O saco é quando a gente fica querendo muito e realizando pouco. Não a-g-u-e-n-t-o mais esta situação. Não quero olhar aqui, quem quer o pouco porque nada tem. É impossível abraçar o mundo, portanto precisamos pensar um pouco na gente, certo? Eu penso assim e quero MUITAS coisas, mas não quero parecer ingrato ou mal agradecido com tudo o que já conquistei.

É demais sonhar coisas melhores para si, sem se sentir culpado porque - enquanto isso - há alguém passando fome lá na Etiópia ou na esquina de casa? Eis o meu problema: Sempre acho que não mereço algo melhor, porque olho para quem nada tem. Porém, é preciso viver e prosperar. E o progresso, onde fica?

Hoje uma amiga veio mostrar o carro novo que comprou. Fiquei feliz por ela e não a invejei, mas fiquei com o desejo de passar por isso também e adquirir o meu carro. Quero um carro e me pergunto: falta muito pra chegar este dia?

Alguns podem me chamar de invejoso, mas isso não é inveja. A inveja é destrutiva, é quando você quer o que é da pessoa só para você, sem que ela fique com o presente também. O desejo é diferente, é quando você quer algo que alguém ganhou, mas está nem aí se o resto do mundo ganhar a mesma coisa (meu caso).

E quem falar que não tem o desejo e nem quer algo bom para si, (igual ou melhor aquilo que o amigo ganhou) é MENTIROSO. Todos querem aquilo que é bom, o negócio é que a gente se conforma com o que tem porque há coisas que não é para o nosso bico (financeiramente falando). Mas que todos querem, há querem.

Então a vida segue, onde cada um quer uma coisa, outra e assim planeja o futuro. No meu caso, uma coisa é certa. Mesmo que eu não consiga nada daquilo que quero, faço das palavras da Cláudia Leite, as minhas: Só quero ser feliz antes de mais nada.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Veja: Ruivinha massageando um Negão

Com um título desses, quem é que se arrisca abrir o email no horário de serviço em sã consciência? A não ser que queira ser demitido por justa causa.

Guardei o email na minha caixa de entrada e esperei chegar em casa para abrir com privacidade e limpar do meu servidor. Curte só quem era a "ruivinha".

video

E a minha mente poluída pensando besteiras --'

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Meu pé quer roubar o meu osso

Vou confessar uma coisa (mais uma?).
Tenho medo de ficar velho...

Sério galera, sei que isso é algo inevitável e acontece com todos que vivem bastante (e sempre queremos viver), mas eu tenho medo. Tenho medo de ficar caduco, impotente e esquecer quem sou eu. Também tenho medo de ficar doente, esquecer dos entes queridos, amigos e não reconhecer mais ninguém.

Inclusive, tenho medo de esquecer até quais são as partes que pertencem ao meu corpo, como aconteceu com este cachorro no vídeo ali.

video

Medo... muito medo! (Deus me livre e guarde)

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Segredos da Cozinha

Salve Salve Galera, quanto tempo!!! (novidade)

E que calor é esse? Todos os dias as temperaturas se aproximam de 40°C (ou até ultrapassam) e isso não deve ser coisa de Deus. Acho que o coisa ruim resolveu trocar a matriz do inferninho para Criciúma e cidades vizinhas.

Com a temperatura alta, a mente derrete. Estou sem saco (não levem ao pé da letra, pfv) para escrever e sem forças para pensar. Vivendo sob o clima semelhante ao deserto do Saara, só dá vontade de beber muito líquido. Água, Cerveja, Chopp, Vitaminas e Milk Shake Ovomaltine do BOB`s são sempre bem vindos.

Falando em vitamina (de preferência com mamão, maça e banana), que tal aprender um dos Segredos da Cozinha com a galera do Ivo Viu a Uva? Vejamos (pra ver melhor, clica ali).

É... esperava por algo inovador.

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso