quinta-feira, 18 de março de 2010

Brasileiro: Um eterno insatisfeito com o salário

"Puxa vida... se eu ganhasse uns R$ 1000 a mais no meu salário, isto faria toda a diferença".

Quem de nós nunca se queixou ou já ouviu alguma frase semelhante a esta acima? Lembro como se fosse hoje, o dia em que eu era estagiário e recebia 70% de bolsa da faculdade em dinheiro. Sempre pensei: Se eu ganhasse uns R$ 1000 reais daria para fazer tanta coisa. Seria o cara mais feliz deste mundo e compraria um monte de coisas para mim.

Depois de formado, o cara recebe o piso da profissão (que é este valor e mais um pouco) e pensa: Bah, se eu ganhasse uns R$ 2000 seria o cara mais feliz da face da Terra, porque - além de pagar todas as minhas contas - sobraria dinheiro para investir num carro ou numa casa, poderia viajar e comprar aqueles "mimos" que estão na moda... até que um dia a pessoa passa a ganhar mais de R$ 2000 por mês e lá vem o pensamento: "se eu ganhasse um pouquinho a mais..."

O brasileiro é um eterno insatisfeito com o seu salário. Quem ganha R$ 500, quer R$ 1000, que quer R$ 2000, que quer R$ 4000 e assim por diante. A explicação é que sempre vamos gastar mais do que arrecadamos. Como diz um amigo delegado, se tu ganhas R$ 4 mil, tu já vais querer um carrinho melhor e isto implica em seguro. Teu filho vai para o colégio particular, tua casa recebe uma diarista, você se torna sócio de clube, no mercado você se dá ao luxo de adquirir marcas melhores... e quando percebe, não sobrou quase nada no final do mês.

Para meu espanto, até juiz de tribunal também se queixa dos R$ 15 mil recebidos mensalmente. Perguntei para uma amiga como isto pode acontecer (visto que o pai dela é um deles) e ela me explicou: "Filipe, quem ganha R$ 15 mil, gasta R$ 20 mil por mês. Não é qualquer casa que vais morar, não é qualquer carro que vai comprar, o telefone não para no gancho. E os familiares (filhas, netos, etc), você se vê obrigado ajudar por ter uma condição financeira melhor. Então fica com uma casa na cidade e outra no litoral (onde há um descanso) e isto implica novas despesas. Quanto mais recebe, maior é o teu patrimônio e - consequentemente - os teus gastos". - então fiquei quieto.

É fato, só eu não enxergava isto: Ninguém é feliz com seu salário! Lembro da minha professora, Derlei Catarina de Luca, dizer em sala de aula que no Brasil as pessoas têm vergonha de falar que são ricas e preferem se passar como pobres. Lá nos Estados Unidos, é o inverso. O povo tem vergonha de dizer que está mal, por isso todos aparentam ser bem. Ela tem razão.

A Derlei contou que teve um ano durante a páscoa, TODOS os ovos de chocolate haviam sido vendidos no supermercado Giassi. Então, um canal de televisão foi entrevistar o dono (Zefiro Giassi) para fazer um balanço das vendas do ano, e o proprietário falou: "Pois é, as vendas deveriam ter sido melhor... não foi como a gente esperava". Diz a Derlei que ficou de boca aberta, pois não tinha mais NENHUM ovo para vender e o Giassi reclamava das vendas.

Jamais esqueci este relato contado pela professora. Quem de nós se contenta com a remuneração atual? Se você recebe menos de R$ 2 mil ao mês e está satisfeito, meus parabéns, és um vencedor. O caso é que muitos de nós ganhamos mal e temos razão em reclamar dos baixos salários. E a questão é que mesmo que aumente, vamos ser igual aquele delegado que ganha R$ 4 mil, ou o juiz recebendo o seu R$ 15 mil: Eternos insatisfeitos!


PS: A título de conhecimento, fiz este post porque desejo muito adquirir um Novo Fox, mas com o meu salário atual só consigo pagar dívidas e contas. Então se eu ganhasse um pouquinho a mais... vocês já sabem ;)

5 comentários:

  1. Bom, tirando o fato de que tb tive aula com a Derlei e, para mim, ela é o Diabo vestindo saia, bom.. deixa pra lá...

    É que o ser humano é um animal sempre insatisfeito e que vive a doce ilusão de que o seu vazio será preenchido com mais dinheiro e conforto.

    Mas, não sendo hipócrita, não reclamaria de ter mais dinheiro, afinal, dinheiro não é problema e sim solução!

    ResponderExcluir
  2. Uns duzentinho a mais já me permitiria umas felicidades que hj eu não alcanço...hehehe

    Quanto mais a gente ganha, mas a gente gasta. Eu sou a prova disso pq qdo eu ganhava 580,00 vivia sem grana, agora que eu ganho 5.800,00 continuo sem grana...olha, não é fácil Lipe! ;)

    ResponderExcluir
  3. Tudo reclamão. A gente dá um cesta básica pra Mócra (a estagiária) e ela não reclama. É que nós damos muito amor tomém.

    ResponderExcluir
  4. Eu lembro de qdo eu ganha apenas 222,00 reais por mes.. E rendia.. Hj ganho 3x mais, e nao da pra nada!!

    ResponderExcluir
  5. to fazendo um trabalho de escola....caiu esse tema "O QUE O BRASILEIRO PENSA SOBRE O SALARIO" salario"nao achei nada na net alguem poderia me indicar alguma revista ou algiuma pagina na internet.....

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso