domingo, 16 de maio de 2010

O que há de errado com os casais em crise?

Estou preocupado com a grande quantidade de notícias trágicas envolvendo casais, que assolam o meu estado (Santa Catarina). Seja entre marido e mulher ou casais de namorados, quando há um término de relação ou o namoro entra em crise, o homem (na maioria das vezes) encontra a pior maneira de dar um ponto final: Mata a companheira.

Que amor é esse que toma posse da pessoa, a ponto de tirar a vida de um ser humano só para não ver a companheira com mais ninguém? Jamais vou entender (nem quero) quem comete um ato insano como este. Impedir alguém de ser feliz, só porque a pessoa não quer mais continuar ao seu lado, é um absurdo!

Todos têm o direito de tentar ser feliz ao lado de alguém. Se a pessoa que amamos não sente mais o mesmo por nós, vai ser dolorido, mas é preciso deixar ela fazer a sua escolha. E nós, devemos buscar forças para encontrar outra pessoa que nos queira para recomeçar uma nova história, sem interferir na vida da amada que resolveu sair da nossa vida.

Criciúma (onde moro) registrou neste domingo um novo episódio que movimentou a área policial e abalou os moradores. Um garoto de 18 anos matou a namorada de 16 anos com um tiro, em frente à casa da irmã dela, após uma discussão. (Crédito Foto: Rodrigo Medeiros)

O homicídio ocorreu na tarde deste domingo, no bairro Imperatriz, em Criciúma. Sunaian Anacleto Soates, de 16 anos, estava em frente a casa da irmã, quando o namorado, D.O.M, de 18 anos, passou de carro pelo local, os dois discutiram e ele atirou contra à moça. Ela chegou a ser encaminhada ao hospital São José com vida, mas veio a óbito horas depois. (Fonte: A Tribuna)

Infelizmente este tipo de acontecimento não tem sido um caso isolado. Em menos de um mês, inúmeros casos chegaram ao conhecimento da imprensa sobre casais que terminam da pior forma possível em Santa Catarina.

21 de abril - Homem mata ex-namorada: A atendente de supermercado Nallie Fernandes, 18, foi morta com pelo menos duas facadas durante uma discussão com ele, no bairro Rio Tavares, na Capital. A vítima morava com Marcelo e com seus familiares há quatro anos, desde que os dois começaram a namorar. O relacionamento teve início em Joaçaba. Em dezembro, o casal se mudou para Florianópolis, foi quando o relacionamento teria acabado. (Fonte: A Notícia)

04 de maio - Homem põe fogo na ex-companheira: Uma mulher, de 32 anos, teve o corpo queimado enquanto dormia, na tarde de hoje, no bairro Jardim Itália, em Cocal do Sul. Depois de atear fogo na ex-companheira, que estava deitada no sofá, o pedreiro N.B.M., de 47 anos, tentou se matar com uma faca de churrasco. (Fonte: A Tribuna)

E o episódio mais recente que chocou o Brasil aconteceu em Chapecó, no oeste do estado.

10 de maio: Mulher é morta pelo ex-marido dentro de hospital em SC: Uma câmera de hospital gravou a fuga de um pedreiro que matou a ex-mulher, dentro de um hospital, em Chapecó (SC). O crime ocorreu na madrugada de segunda-feira (10). Segundo a polícia, o pedreiro não aceitava a separação. Ele foi até o hospital, pulou a janela, entrou no quarto onde a mulher estava internada e atirou. (Fonte: Portal G1)

Atitude racional? Não trabalhamos!

É preciso aprender a conviver com o fim do casamento ou término de namoro. Nenhum amor possessivo justifica tirar a vida da pessoa amada. Quem ama, não mata. É muito triste quando alguém que a gente ama não nos quer mais, mas não é impossível ser feliz com outra pessoa que queira a gente. Ei casal que está em crise: Forçar uma relação só vai trazer mágoas.

Para encerrar, deixo esta música que a minha ex-namorada mandou no fim do nosso relacionamento. Ela serve para todos os casais recém separados que ainda sofrem, mas que tomaram a decisão correta: Permitiram que a pessoa amada fosse feliz com quem ela desejar!

Nada do que foi será
De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa
Tudo sempre passará

A vida vem em ondas
Como um mar
Num indo e vindo infinito

Tudo que se vê não é
Igual ao que a gente
Viu há um segundo
Tudo muda o tempo todo
No mundo

Não adianta fugir
Nem mentir
Pra si mesmo agora
Há tanta vida lá fora
Aqui dentro sempre

Como uma onda no mar...

4 comentários:

  1. infelizmente não é só em SC que a coisa tá feia, aqui em ES o crime entre casais preocupa.

    ResponderExcluir
  2. Lipe, aqui tem disso tbém, muito! Alguns até arriscam dizer que mataram por amar demais! Eu acho que qdo a gente ama demais, quer que a pessoa viva, renasça, desabroche sempre.

    E td pq vivemos em uma sociedade em que as pessoas naõ sabem lidar com rejeição..

    Passei pela palavra FIM nem tem muito tempo, mas fazer o que? só resta, recomeçar, né não?

    beijos

    ResponderExcluir
  3. 1- Queria saber onde eles acham armas com tanta facilidade.
    2- Isso só acontece com tamanha frequencia, pois a impunidade também é mais do que frequente. Menos mal que esse aí já tem 18, se tivesse 17, ficava preso só alguns meses (até a maior idade).
    3- Eu adoro Sonho de Valsa (calma, não estou viajando!). Agora dentro deles veem umas frases, umas nosense, outras ótimas como essa:

    Isso não é mancha de ketchup.
    Ciúme exagerado não tem nada a ver com amor. Tem a ver com posse. E, se o parceiro fosse sua propriedade, no mínimo você teria que pagar IPTU.

    ResponderExcluir
  4. Quando se ama, mesmo sofrendo com um término, o que se quer é a felicidade do outro!! :S triste isso!! triste saber que o ser humano cada vez mais está sem rumo... Mais uma vez, Mandou muito bem Felipe!Bjão

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso