sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Quando foi que deixamos a criança em nós morrer?

Já notaram que quanto mais envelhecemos, mais chato e ranzinza ficamos? Vejo muitos deixarem de lado o bom humor que havia dentro de si, para dar espaço a uma pessoa adulta amargurada, magoada e de mal com a vida. Mergulhados no trabalho, o estresse tomou conta da vida das pessoas que estão cada vez mais reclamonas e odiando tudo que existe.

Gente, cadê aquele bom humor que havia dentro da criança de cada um de nós? Quando foi que deixamos esta criança morrer? Por que está cada vez mais difícil encontrar alguém que se importe com o próximo? Onde foi parar a gentileza e os sonhos de uma vida melhor?  Será que vale a pena jogar tudo pro alto para viver uma vida só de trabalho e mau humor?

Sinto muito, mas as contas não vão mudar se você continuar de cara fechada. O trabalho, às vezes chato, não vai diminuir. Como diz aquele ditado "Não vale a pena levar a vida tão a sério se não vamos sair vivos dela". É claro que é preciso levar o mundo e os trabalhos a sério, mas nada impede de cada adulto tirar um tempinho para brincar mais, se distrair, sair com os amigos e deixar renascer de volta aquela criança doce, cheia de sonhos em viver num mundo melhor e Humano.

Devemos viver o hoje da melhor forma para que, quando chegarmos lá na frente, cada um se olhe no espelho e orgulhe do que foi um dia, sem se arrepender jamais.


Quando percebi que não foi demais era muito tarde pra voltar atrás... ♪

7 comentários:

  1. Minha infância foi bem complicada, mas sinto muito a falta dela.
    Sinto falta da inocência, da crença e da pureza!

    Beijos Lipe!

    ResponderExcluir
  2. É justamente disso que sinto falta,
    dessa beleza interior inocente e pulsante que existia quando criança...

    Bjs Nanda =*

    ResponderExcluir
  3. Ah, mas tem mta criança ranzinza por aí! rsrs

    Lipe, acho que todo mundo guarda seu lado criança. Só não demonstramos o tempo todo. E tem gente que mostra mais que os outros.

    Eu por exemplo, as vezes sou chata, desequilibrada, mal humorada... outras vezes viro humorista, faço palhaçada, dou altas e exagerdas gargalhadas.

    É tudo uma questão de timing.

    ResponderExcluir
  4. É o famoso "Ligue o foda-se" e segue a vida.

    ResponderExcluir
  5. a minha infancia faleceu qndo comecei a pagas as contas :( no meu caso aos 22 anos ... tive anosss de infancia, curti demais :D agradeco aos meus pais \o/

    ResponderExcluir
  6. Tem pequenas coisas que trazem isso a tona, e é tão gostoso quando isso acontece. Justo ontem fiz algumas bolhas de sabão. Algo simples, mas que me fez pensar em sobre como, quando era criança, essas coisinha boba me divertia... E não é que me divetiu tanto quanto, como antes. Os problemas cotidianos não devem nos dominar, sempre existe uma pontinha de criança em cada um :)

    ResponderExcluir
  7. hello bonito blogue , adorei mesmo muito, secalhar poderiamos fcar amigos de blog :) lol!
    Tirando as brincadeiras o meu nome é Humberto, e assim como tu publico blogues se bem que o fofo domeu blogue é muito diferente de este....
    Eu escrevo blogues de poker sobre bónus grátis sem teres de por do teu bolso......
    Adorei muito o que vi escrito!

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso