quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Vem curar meu coração

Aviso aos navegantes: Postagem de cunho religioso, voltado para quem atravessa problemas e não está nem um pouco animado para as festividades de final de ano. Se não é o seu caso, meus parabéns. Leia se tiver vontade ou aguarde as novas atualizações.


Com aproximação do natal, não há nada melhor do que uma pausa para fazer um processo de cura e limpeza interior. Quais foram os pontos fortes de 2010 que vamos levar para sempre na bagagem das boas lembranças? E os pontos fracos? Quais são as mágoas, as tristezas adquiridas e as lágrimas derramadas que devemos sepultar para sempre no final de 2010?

Natal não é apenas época de luzes, enfeites nas vitrines e trocas de presentes. Natal é tempo de reflexão. O aniversário daquele que mudou a forma de como a humanidade vivência esta experiência de vida única - quer os ateus queiram ou não - precisa ser lembrado como tempo de mudanças. Mudanças estas que nos façam prosperar como Ser Humano, que vive em busca constante pela felicidade, amor e união.

Este ano foi difícil para você? Brigas? Perdas de entes queridos? Dívidas? Tens vivido uma vida repleta de tribulações, onde Deus (se existir) parece que disse antes de você nascer: "Desce e se fode?". Te entendo perfeitamente. Não pedimos para nascer e ninguém nos avisou que viver aqui seria fácil. Essa postagem foi feita para você, pessoa desanimada pela chuva de problemas e que - provavelmente - nem devo conhecê-la.

Se por ventura você for um (dos milhares) que carrega uma cruz pesada dentro de si, convido para escutar as palavras de Adriana que cantou "Tocar tuas vestes" (composta por Adelso Freire). Caso não puderes escutar agora, salve este endereço e volte depois com tempo e ouvidos limpos para escutar. E quem pode prosseguir, acompanhe a canção e a letra com fé. Nem preciso lembrar que a fé é o combustível inicial que precisamos para batalhar e superar os problemas. Paz e Bem!


Eu sei
De tantas formas eu tentei achar
Uma cura para mim

Busquei
Tantas formas de calar a dor
Mas falhei

Cansei
De tentar me enganar, Senhor
O que eu preciso está em Ti

Vem curar
Minhas feridas e sanar a dor
Que ainda existe em mim

Preciso ouvir a tua voz
Sentir tua presença aqui
Tocar em tuas vestes eu preciso

Permita-me ficar aqui
Debaixo de tuas asas
Aonde eu sei que eu posso descansar

Cura-me, sara-me, vem tratar meu coração
Ó Senhor, meu Senhor, vem curar meu coração
Só precisas me tocar
Só tu podes me curar

Cura-me, sara-me, vem tratar meu coração
Ó Senhor, meu Senhor, vem curar meu coração
Só precisas me tocar
Sei que podes me tocar. Jesus

2 comentários:

  1. Paz e Bem, Filipe:
    Façamos, então, cada um a nossa reflexão. Bela postagem, belo vídeo. É tempo do advento. Um abençoado Natal para você. Bom dia :)

    ResponderExcluir
  2. Sinto inveja dos bebês... daquela paz que eles sentem aninhados no colo e grudados no peito da mãe.

    Bjão Lipe!

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso