domingo, 16 de janeiro de 2011

E começa mais um ano...

Que saudadesss de escrever sem medo de ser feliz neste espaço. Minha última postagem foi no final do ano passado, há 17 dias, mas parece que faz uma eternidade que eu não apareço por aqui. Como está esse início de 2011 pra vocês? Espero que esteja bom, pois o meu foi de muito descanso e diversão nestes 15 dias de férias do serviço. Aproveitei o máximo da vida lá fora, longe do computador. E o Twitter? Só atualizei por mobile web (internet no celular em inglês).

Voltei sem vontade de voltar, sabe? O mundo virtual é bom, mas o mundo da vida real - quando bem aproveitado - é muito melhor. E durante as férias, eu fiquei quatro dias numa casa com seis mulheres na grande Florianópolis. Ou seja, aproveitei né? Não, não pensem em orgia, sexo e coisas OCAS. Foi tudo muito bem comportado, ungido e só fiquei com uma delas. Se tiver vontade de escrever, farei uma postagem contando como foi ficar uns dias neste paraíso.

Sabe o mais legal de voltar pro blog? É ver que na minha ausência, continuei recebendo visitas. Foi uma média de 60 visitas diárias e ganhei TRÊS novos amigos seguidores do blog. O que acho muito bom, pois fiquei todo esse tempo sem escrever nada. O triste é voltar e ver uma
enxurrada de notícias trágicas da região serrana do Rio de Janeiro. Que tragédia é aquela, gente? Eu aqui me divertindo, enquanto o mundo acabava para mais de 600 pessoas.

Senti-me um pouco culpado de ser feliz, e deixei uma lágrima escorrer pelo meu rosto quando assisti aquelas reportagens com pessoas perdendo tudo e outras precisando recomeçar do zero. Por que o mundo não é bom para todos? É por isso que rezo e mantenho minha fé, pra pedir distância destas coisas trágicas ou muita força caso alguma coisa do gênero venha acontecer comigo ou com as pessoas que amo.

Era isso, vamos que vamos porque a semana está só começando e chega com muito trabalho. E pensar que, enquanto trabalhamos, outras pessoas deitam numa praia qualquer e curtem suas férias em dias quentes e ensolarados. Dá nada, vamos ser felizes com aquilo que temos. Trabalhando honestamente, pagamos os nossos impostos e, desta forma, o governo obtém fonte de renda para poder ajudar aquelas famílias que perderam tudo o que tinham por culpa das águas de Janeiro.

Um comentário:

  1. Floripa fui tudo de bom...é um paraiso...mas voltar e ver isso tudo que ta acontecendo no RJ é muito triste, a gente se coloca no lugar :(

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso