quarta-feira, 13 de abril de 2011

BR 101 Sul: Uma vergonha para o Brasil

Sinto dores de barriga sempre que ouço falar do descaso das empreiteiras e autoridades com a duplicação da BR 101/Sul. Uma rodovia de tamanha importância e relevância para o desenvolvimento do Brasil é tratada como se fosse uma reforma num barzinho de esquina qualquer. Quando criança, meus pais desenvolveram um certo pânico em pegar esta rodovia. Sempre que passávamos por ela, eles diziam: "Chegamos na rodovia da morte. É aqui que acontece o maior número de óbitos trágicos no estado".

Não era por menos. Pista simples, mal conservada e sobrecarregada são ingredientes necessários para aterrorizar os motoristas que por ali passavam. Qualquer deslocamento na menor distância possível exigia toda uma preparação psicológica e muita reza para não bater de frente com algum irresponsável.

Muitos anos se passaram e, em 2005, o governo federal finalmente começou o processo de duplicação do trecho que liga Palhoça (SC) até Osório (RS) num total de 310 km. Nesta época eu estudava em Tubarão e pegava a Br 101 todos os dias saindo de Criciúma. Vi as máquinas chegarem à pista e foi um momento de muita emoção para quem usufruia da rodovia que corta todo o país. Era a esperança de viagens mais rápidas, tranqüilas e seguras. A previsão de conclusão das obras pelo governo era de 2007. De lá para cá já foi adiada mais umas três vezes. O último prazo de 2012, ficou para 2014 ou 2015.

Hoje o Rio Grande do Sul já concluiu seus 80 km de duplicação, e Santa Catarina ainda patina. Dos 238,5 km, concluímos 179.8 km. Uma vergonha. Obras de arte como a Ponte de Cabeçudas em Laguna estão paradas. Só em 2011 fizeram a licitação deste trecho e quem ganhou foi a Construcap (boa empresa, graças a Deus). O túnel do Morro dos Cavalos, em Palhoça, nem sequer foi mexido. Está em fase de licenciamento ambiental com Funai e Ibama ainda debatendo o assunto, enquanto mais vidas vão se perdendo. O Japão conseguiu recuperar uma rodovia de 150 metros, devastada pelo terremoto, em seis dias. Se fosse no Brasil levaria anos.

Totalmente insatisfeitos com a demora da conclusão nas obras da BR 101/Sul, autoridades começaram duplicar a pressão em Brasília. Marcaram uma audiência com o Ministro dos Transportes e os donos das empreiteiras na terça (12/04/2011) e ninguém foi. Proprietários das empresas que ganharam a licitação enviaram representantes que nada podem fazer, e o ministro Alfredo Nascimento fingiu que era Gasparzinho e sumiu. Outro que fez pouco caso foi o diretor do Dnit de SC, João José dos Santos, que pegou férias na véspera para não comparecer. Brincam com a nossa paciência. Falta de dinheiro do governo para concluir esta obra, não é.


O problema está nas empresas incompetentes que participam da licitação, ganham e depois não conseguem tocar a obra. E o governo é um frouxo que não muda as regras. Deixa que este mecanismo de licitação continue do jeito que está contemplando empresas que só atrasam o desenvolvimento do Brasil. Penso o seguinte: se a empresa ganhadora da licitação não entregar a obra dentro do prazo, cai fora e entra o segundo colocado. Se este não terminar, acho que o governo tem total liberdade para escolher uma empresa de porte que saiba fazer a obra sem nova licitação. Não estamos falando de dinheiro gasto. Estamos falando de vidas que serão salvas e do impulso no desenvolvimento que as obras deste tipo geram.

O blog Putz Cri criou um vídeo que retrata bem o descaso com a BR 101/Sul. Vejamos


BR 101 Sul: Uma vergonha para o Brasil

7 comentários:

  1. Valeu Filipe. De certa forma, a nossa também é uma forma de colaborar barra participar dessa campanha contra o desrespeito contra o Estado.

    ResponderExcluir
  2. Lamentável que chegamos a tal ponto =/

    ResponderExcluir
  3. Pode esquecer. Depois da vergonha de terça não dá mais para confiar nos prazos do Dnit.

    ResponderExcluir
  4. O problema não fica só na BR 101 de Santa Catarina. Isso é em todo Brasil.

    Vamos sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas e as obras estão quase todas atrasadas. Se o mundo não acabar em 2012, vamos passar vergonha perante o planeta.

    Espero estar errado, mas sinto que o mundo vai saber que não sabemos preparar grandes eventos com agilidade.

    ResponderExcluir
  5. MUITO BOM SEU POST PARABÉNS!!!!!

    QUERIA CONVIDA-LO A DIVULGAR SEUS LINKS

    AQUI NO DONDRAS


    DONDRAS.BLOGSPOT.COM

    E AUMENTE SUAS VISITAS!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. é dramatico a cituação felipe, eu moro em florianópolis, e morava em criciúma também, e para visitar meus pais é um saco essa rodovia, além do que, se fossem soh rodoviam seria de boa, o problema é esse governo corrupto e burocratico de merda! Nao sei realmente oque alguns fazem la dentro, mais se eu respirasse la, ja seria alguma coisa, isso, nem eles fazem... gasparzinhos!

    ResponderExcluir
  7. Hello trata-se a 2ª vez que vi a tua página e gostei muito!Bom Projecto!
    Adeus

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso