quarta-feira, 11 de maio de 2011

O mal não pode vencer o Bem

Em algumas fases da vida, fico triste quando vejo quem é do mal se sobressair perante as pessoas de bem. É tanta canalhice, criminalidade, violência, corrupção e assassinatos que não há mais espaço, aparentemente, para quem é do Bem viver na Terra. A moda é ser do mal. Deus? Que mané Deus... isso é coisa de mente fraca. Tudo foi invenção, ele não existe e quando você morrer; acabou. Não existe justiça divina, muito menos espírito que habita nosso corpo.

Mergulhados nessa convicção, os homens resolveram viver como bem entendem. Se ocuparem cargos públicos, vale roubar o dinheiro público em prol do consumo próprio. Se estiverem com amigos numa boate, vale espancar um jovem indefeso por causa de garotas. Caso for policial, vale ficar com medo dos bandidos. Se for desembargador que já ganha ótimos salários, vale vender sentença no tribunal para ficar ainda mais rico. É melhor obter muito dinheiro (de forma ilícita) para andar de Ferrari e Iate, do que ter a consciência limpa.

O mundo parece um canteiro de interesseiros e as pessoas se tornaram pior que urubus. Não esperam nem o corpo esfriar para sair atacando. Isso está errado... muito errado. São muitos os que cobram cumprimento das leis para fiscalizar os outros, mas não quer ela funcionando na prática quando o problema volta para si. Pra onde vamos deste jeito? Que mundo é esse onde a sonegação de impostos, desvios de verbas públicas e a existência de "laranjas" virou sinônimo de esperteza, e não falta de caráter?

Escrevo este desabafo pensando no senador Renan Calheiros. Foram seis acusações (veja aqui) entre pensão paga com dinheiro de lobistas, empresa fantasma, laranja, propina, espionagem, etc. E o que acontece com este sujeito? Vira titular do Conselho de Ética do Senado. Prova de que o PMDB, partido de Calheiros, valoriza quem é péssimo exemplo para população. E a população não pode reclamar, pois este senador não foi eleito sozinho. Certo? Tenham mais juízo nas próximas eleições.

O desabafo também foi pensando nos monstros de Jaraguá do Sul. Quatro jovens agrediram covardemente e mataram com facadas o Rafael Santana, 18 anos, na saída de uma boate. O motivo? Coisa banal, ciúmes por conta de uma garota. Tanta mulher sobrando no mundo, e tem gente que ainda se mete com quem é compromissada. Lamentável. Agora chora a família de Rafael, que fugiu da violência de Foz do Iguaçu para ter o filho morto em Jaraguá do Sul (veja aqui).

Essa postagem inclui os desembargadores que vendem sentenças. Não são poucas as denúncias que aparecem no Supremo Tribunal de Justiça (STJ), que se vê obrigado afastar os envolvidos quando há fortes indícios que comprovam a acusação. Somente em Tocantins, Willamara Leila, 55 anos, Carlos Souza, 64, e Liberato Póvoa, 66, foram afastados de suas funções por venda de sentença. A Polícia Federal investiga, também, o desembargador Amado Cilton Rosa, 59 anos. Todos já ganhavam ótimos salários, mas - infelizmente - deixaram "crescer o olho". (Fonte: Vermelho.org)

Pra finalizar, nem a polícia pode mais trabalhar direito. Olha essa matéria publicada no jornal A Tribuna (terça-feira - 10/05/2011), escrita pela repórter Talise Freitas.


Clique aqui para ler melhor


Destaco o segundo parágrafo do jornal (grifado em vermelho), ou o terceiro parágrafo do link destacado do site do A Tribuna: "Segundo um policial militar, que não quis ser identificado, o problema afeta o trabalho da polícia..."

Vocês entenderam a gravidade do problema que vivemos? Até o policial está com medo de se identificar e se esconde dos bandidos. COMO ASSIM, Brasil? Que autoridade é essa que, ao invés de lutar contra os criminosos para nos proteger, prefere ficar à surdina. Dá entrevista com medo de revelar nome e deixa os bandidos agirem livremente no bairro Renascer (Criciúma - SC).

Operação pente fino? Não existe! É melhor deixar os marginais dominarem aquela região, repleta de gente com má condição financeira, e se esconder por trás do anonimato. Está errado, gente, não podemos permitir isso. Nunca devemos nos acostumar com estas injustiças existentes no mundo. Como disse Martin Luther King:


O mal não pode vencer o bem!

11 comentários:

  1. Texto para parar e pensar no que estamos fazendo das nossas vidas e na dos outros! Acho que o sentimento que circula por aí é "conveniência". =/ triste porém real! bjo!

    ResponderExcluir
  2. Bom, Lipe, vou te dizer uma coisa. Acho que acreditar ou não em Deus pouco tem a ver com ser bom ou mal.
    Ser bom ou mal tem a ver com a sua convicção e o mundo em que deseja viver e deixar para os seus filhos.
    O grande problema é que no nosso mundo a morte e o roubo se tornaram coisas banais.
    Enquanto o ser humano desejar tirar vantagem do outro ou se achar superior a ponto de poder matar alguem a pancadas pelo simples fato de que naquele momento ele "pode", estaremos cada vez mais fadados ao fracasso da raça humana.

    ResponderExcluir
  3. Concordo contigo, Moura!

    Só pra esclarecer:

    Quando falo em acreditar em Deus, não me refiro em adorar igrejas. Elas cometem erros, também, então cada um deve seguir aquela que se sentir melhor.

    Quando falo em Deus, lembro dos ensinamentos deixados por ele como: "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei", "Não matarás", "Não roubarás", etc.

    Independente quem acredita em Deus ou não - pois tem muito ateu melhor que cristão - quando se perde estes princípios, cada um faz o que bem entende.

    Quem não acredita que a vida foi moldada por um ser superior, certamente não acredita em castigo em vida ou depois da morte...

    E uma pessoa descrente de justiça, é capaz de cometer qualquer absurdo!
    _____________

    PS: quem não leu o comentário ou texto na íntegra, vale ressaltar:

    Nem todo cristão é bom e nem todo ateu é ruim. A bondade ou a maldade presente está na índole e na formação de caráter da pessoa.

    ResponderExcluir
  4. e se a coisa não se resumir a bem vs mal?
    e se a vida não for uma versão extensa da novela?

    ResponderExcluir
  5. É Tiago... tá faltando mais encontros com vinhos na casa da Maíra pra gente debater estas questões rssss (sempre bom filosofar)

    ResponderExcluir
  6. Ainda acredito que aqui se faz, aqui se paga. Pode demorar e vir de forma indireta, mas a pessoa vai pagar e sofrer pelo que fez.
    Se eu não acreditar nisso, mas fácil morrer de uma vez. Já que a situação é tão braba no mundo, que as vezes só virando a cara pra seguir em frente.

    ResponderExcluir
  7. Lipe tudo bem .. A questão não é essa .. 1o .. A PM não está deixando de agir na localidade, pelo contrário, sai da viatura, limpa os empecilhos formados pelos criminosos e invade mesmo assim .. Prova disso é acompanhar na mídia o número de pessoas detidas pela Polícia Militar na comunidade.
    2o - O policial, fonte minha, não tem receio de bandido, pelo contrário, é um dos mais atuantes e bota a "cara pra bater" mesmo, uma das pessoas que está mais ativa no combate a criminalidade .. A questão de não querer se identificar não é por represália de bandido, aliás, ele nem seria policial .. Mas tem uma coisa muita forte na PM, de hierarquia .. Ele ia se incomodar com o comando correndo até risco de ter algum castigo por estar colocando o que realmente acontece nas ruas de Criciúma .. Um forte abraço e obrigada por acompanha meu trabalho!

    ResponderExcluir
  8. Hummm menos mal então, Talise.

    Se ele não quis se identificar apenas por hierarquia da PM, então tá tudo certo.

    Fico mais tranquilo em saber que policial não tem medo de bandido e coloca todos pra correr, hehehe.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Exato .. se não ele não iria nem me passar isso .. já que quem está fazendo esse tipo de coisa, sabe quais são os policiais que vão até lá retirar os entulhos ..

    Hierarquia é isso .. Biquinho calado, só fala pra imprensa o que for bom, se não será punido ..

    Já pensou identificar e correr o risco de um bom policial ser proibido de atuar nas ruas

    Bj

    ResponderExcluir
  10. Eu acredito que o bem sempre vence o mal... na verdade, o mal nem existe mais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.... Gostaria de lhe informar que para conseguirmos obter o sucesso devemos sempre fazer declarações(pensamentos) positivas(os)... isso para qualquer coisa na vida.... Gostaria de fazer uma apêlo para que mude o título, quem sabe o mundo não melhore!!!!! Um forte e caloroso abraço, fique com DEUS!!!

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso