quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Síndrome do PARRS

Com o acúmulo de trabalho nas últimas semanas, me vi obrigado deixar o blog de lado e visitar pouco o meu perfil nas redes sociais para dar conta do que tinha pra fazer. Por um lado foi bom, pois consegui concluir muitas coisas pendentes e vejo informativos de clientes saindo das gráficas com aprovação dos mesmos. Por outro lado, me sinto completamente perdido no que está acontecendo com meus amigos (ou pessoas que gosto) já que não pude acompanhar suas atualizações nas redes sociais.

Eu sofro de um mal chamado Síndrome do PARRS (Perdi Algo Relevante nas Redes Sociais). Sinto-me um peixe fora d' água quando não consigo acompanhar direito o que meus amigos falaram no dia. Quem me conhece e acompanha no Twitter, Facebook ou Google Plus, sabe que estou sempre interagindo ou postando uma besteira para mostrar que estou vivo e fazer a galera interagir também. Quando me ausento destas redes, JESUS AMADO... parece que perdi alguém contando que o cachorro da família morreu e que agora precisa de atenção, ajuda ou alguém pra desabafar.


Incrível como me sinto mal por ser assim. Tenho a sensação de que a pessoa pensa: "Puxa vida, sempre fui legal e conversei com todos. Agora que preciso de ajuda não tem ninguém pra me consolar". Já viram disso? LOUCO, louco total eu sei. Por isso classifiquei essa minha febre como "Síndrome do PARRS". É certo que o ser humano, cada vez mais, se tornou dependente dessas redes para se relacionar e trocar informações. Só que nada justifica essa necessidade de ficar atento 24h para estar disponível quando alguém postar algo precisando de ajuda.

Quem precisa mesmo da gente sabe onde nos encontrar seja por SMS, telefone e MSN. Preciso parar com essa besteira de não querer perder NADA do que meus amigos postam. Por isso o meu excesso de trabalho foi bom para me manter afastado desse monitoramento constante nas redes sociais. Consegui controlar bastante essa minha "Síndrome do PARRS" mantendo a mente bem ocupada com outras coisas.

O Olhar Digital publicou uma pesquisa do Instituto Gartner de que os internautas estão se cansando das redes sociais. No estudo, um em cada quatro jovens entre 18 e 24 anos estão diminuindo o uso destas redes. Eu li toda a matéria me perguntando: "Quando vai chegar a minha vez?". Preciso achar outro vício pra minha vida porque esse de ficar monitorando a vida dos outros, sinceramente, já está me cansando. Livros, filmes, passeios e estudos me aguardam libertar deste mal. O problema é que há muitas pessoas cativantes e especiais que só achamos nas redes sociais. Todavia, por mais legal que seja o mundo virtual, ele nunca vai substituir a graça do toque, olhar e sentimento do mundo real.

3 comentários:

  1. Oii Lipe!! Poxa, há +- 2 meses, eu poderia dizer que tudo o que você escreveu, eram meus pensamentos!! Tive que optar em seguir em frente no trabalho, que anda me exigindo demais, ou me manter conectado. E bom, larguei algumas redes e me mantive só no Face. Dá um certo vazio, mas vi meu trabalho (assim como você) render freneticamente, e me senti meio "libertada" pra curtir outras coisas... Parece meio "louco" dizer tudo isso!! Mas hoje tenho tempo pra me concentrar em blogs (onde sempre tem uma troca de idéia legal), academia (faz bem para mente e para as gordurinhas) e em ligar, mandar sms e até visitar meus amigos!! Porque muitas vezes achamos que estamos próximos deles, por dar "um curtir" numa foto ou um "rt" numa frase dita! Bem é isso!! Acho as redes sociais algo maravilhoso, mas o "viver" o real, sabe ser melhor ainda!!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. Uma vez apresentados as redes e a vida social acho que nos sentimos assim...

    Eu venho conseguido a muito custo me distanciar um pouco do que eu chamo de redes SOCIAIS e me aproximado um pouco mais de redes de compartilhamento que visam mais o intelecto, a experiência de vida em vez das baladas e afins!

    até!

    ResponderExcluir
  3. Sabe o que ajuda muito? trabalhar onde essas redes não podem ser acessadas hehe. Saí do orkut há um tempinho e estou contando até três pra não sair do facebook. Twiter tenho só a conta kkk porque nada acessa aqui onde eu trabalho. Tem muita coisa legal sim (talvez seja por isso que ainda não saí) mas a maioria é inútil. E quando vc vai parando... se acostuma e não sente falta depois. Agora os blogs são minha paixão =)) acho eles mais verdadeiros, completos...

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso