quarta-feira, 21 de março de 2012

O inferno astral e a aflição de ficar mais velho

Dizem que alguns dias antes de completar mais um ano de vida, passamos por uma fase chamada de "inferno astral". Se for mito ou não, eu posso afirmar que faltando seis dias pro meu aniversário me sinto exatamente assim. As horas passam mais rápido do que minha capacidade de conseguir resolver os problemas. Para ajudar, agora resolvi ficar gripado e ser tratado na base do xarope... E sabe quando você perde aquela segurança de realizar tarefas que, até então, eram tão seguras e comuns na tua vida? Então!

Atravesso uma fase que não tenho certeza de mais nada. Se alguém me falar que o azul é verde, eu sinceramente não vou discordar. Por mim tanto faz, pois minha mente está longe. Vou completar 25 anos este ano e nem sei que futuro eu quero pra mim. Não sei se faço intercâmbio, passo em concurso público, começo uma pós-graduação, arranjo namoro, compro um carro ou ganho na Mega-Sena. Na verdade eu queria tudo isso, mas eis o problema. Não se pode ter tudo nessa vida. É preciso lutar e correr atrás dos objetivos. Mas qual é a minha meta? Quero tudo e não consigo ter nada de imediato, eis minha angústia. Agora completo 25 anos, mas a vida voa né? Não quero chegar na idade do 30 com estes mesmos dilemas.

Faz dois anos que a minha vida estacionou de tal forma, que eu fico de braços cruzados acompanhando o desenrolar dos acontecimentos. Sim, eu sei que tenho grande parte da culpa nisso, mas sinto como se quisesse subir para o próximo andar do desenvolvimento da vida e me faltasse uma escada. Essa é a fase que atravesso perto de completar mais um ano de vida, cheio de dúvidas, incertezas e insegurança. Quando criança, tua obrigação era apenas passar de ano no colégio. Depois nossa obrigação foi escolher uma profissão e cursar uma faculdade. Agora que concluímos estas etapas, o jeito é escolher um caminho para seguir, ser feliz e vencer na vida. Aqui é que mora o problema, pois tua família e amigos podem te apoiar, mas o caminho é você quem faz... e sozinho.

Não me adianta querer ter tudo de uma vez e não conseguir nada. Fica igual aquela história do homem que tentou tirar milhares de biscoitos num pote apertado, de uma só vez, e não conseguiu levar nenhum. Simplesmente não sai, é preciso pegar um de cada vez. Admiro as pessoas corajosas que não têm medo de quebrar a cara. Elas traçam um objetivo, seguem o caminho, se arrependem, ficam machucadas, voltam por outro trajeto, mas estão sempre dispostas a correr o risco que for para alcançar sua felicidade. Hoje me falta essa coragem, mas espero um dia chegar lá...

 

Nem tudo é como você quer, nem tudo pode ser perfeito... =/

2 comentários:

  1. Acho que vc é tão impressionado com o assunto que acaba atraindo. Nem todo ano o inferno astral é longo ou ruim... esquece isso, pensa positivo!!! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é fase. Em breve vai passar (assim espero) ;*

      Excluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso