terça-feira, 28 de agosto de 2012

A verdadeira Fé

"Eu invejo as pessoas que acreditam em Deus. Elas são tão seguras que algo existe. Que belo jeito de viver... sem medo". A frase da personagem Marley Corbett (interpretada por Kate Hudson), no filme "Pronta para Amar", traduz bem o sentimento de fé existente em milhões de pessoas. É entregar-se de corpo e alma nos desafios da vida com confiança de que uma força do bem te acompanha e vai te ajudar.

Fico triste ao ver como a fé tem sido utilizada para enriquecer igrejas e os bolsos dos pastores. Um problema que se arrasta por gerações e em todas as religiões, basta ver toda riqueza da Igreja Católica existente no Vaticano. Igreja que está presente na minha religião, pois sou católico, mas que reconhece seus erros do passado e sempre pede perdão. 

Porém, o foco desta postagem não está em condenar o passado da Igreja Católica, e nem o presente de algumas Igrejas Evangélicas que viraram uma lavagem cerebral para arrancar dinheiro dos fiéis. O foco desta postagem é para mostrar que a fé em Deus vai além da religião. As religiões são coordenadas por homens e, como nenhum homem é santo, todas erram. Ninguém está escape dos deslizes, por isso compreendo os meus amigos agnósticos.

Uma fé verdadeira não precisa de recursos financeiros, pois ela se comunica com um mundo onde o dinheiro não tem valor, o orgulho não tem vez, a vaidade é desmanchada e os egos são esvaziados. A fé é a comunicação com o mundo onde o impossível torna-se possível, uma ligação gratuita com Deus. Ou, como queiram definir: "uma firme convicção de que algo seja verdade, sem nenhuma prova de que este algo seja verdade, pela absoluta confiança que depositamos neste algo ou alguém".

Para finalizar este texto de fé num Deus onisciente onipresente e onipotente, deixo um vídeo muito bonito que mostra imagens da natureza ao som de uma música dedicada para o Criador.


O Espírito de Deus está neste lugar...

domingo, 19 de agosto de 2012

Amor eterno

Quando alguém perguntar para você o que é amor de verdade, apenas mostre esta imagem e não fale mais nada...


Isso se chama Amor eterno!


"Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dará o dele". (Marley e Eu)

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Eu te amo calado

Caramba, quase duas semanas sem postar nada aqui :O Realmente já tive mais vontade de escrever pro blog, mas essas vontades foram diminuindo com a chegada do Twitter e Facebook. O blog era uma válvula de escape para falar o que estava preso no coração, mas estas redes sociais conseguiram canalizar os pequenos desabafos cotidianos para elas. Vi muito blog que gostava de seguir ficar abandonado depois da popularização destas redes, o que realmente é uma pena. Tantas histórias lindas deixaram de ser narradas com detalhes neste blogspot.

Mas não resolvi escrever esta postagem para lamentar, certo? Mentira, a postagem de hoje traz lamentações também, mas é sobre outro tipo de abandono: o Coração (s2)... Estava lá no Twitter falando as besteiras de sempre, até que resolvi desabafar em menos de 140 caracteres dizendo:


Eis que recebo um apoio também da Re Valentin...


Acrescento o que precisamos fazer...


E ela toca no ponto X da questão


Bingo!

É ali que eu dizia. Quantas vezes gostamos de alguém, mas este sentimento não é recíproco? Por causa disso, você fica na sua sem avançar mais por medo de perder a última coisa de resta entre vocês: amizade. Para alguns é muito fácil falar "vai lá, se declara para ela" ou "abre o coração". Só que não são estas pessoas que estão na pele do apaixonado que vê sua amada deixar declarações no perfil de outro cara. ~~ Ainnn Filipe, tais apaixonadinho tá? Que lindo! Quem é ela? Vai lá abre o coração... ~~ NÃO MERDA! 

Já passei por isso, mas desencanei ao ver ela firmar um relacionamento sério com outro. Falo isso por outras pessoas que enfrentam o mesmo problema do "bloqueio de sentimentos" e que guardam tudo para si. Como é difícil se abrir para quem gosta e expor sua fragilidade perante essa pessoa, né? O medo de perdê-la para sempre é surreal... PESSOAS: eu entendo vocês! Não somente eu, mas o Lulu Santos também deve entender, pois é dele uma das canções mais lindas desse Brasil que traduz tudo isso que falei.


Eu te amo calado, como quem ouve uma sinfonia... 

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso