terça-feira, 28 de agosto de 2012

A verdadeira Fé

"Eu invejo as pessoas que acreditam em Deus. Elas são tão seguras que algo existe. Que belo jeito de viver... sem medo". A frase da personagem Marley Corbett (interpretada por Kate Hudson), no filme "Pronta para Amar", traduz bem o sentimento de fé existente em milhões de pessoas. É entregar-se de corpo e alma nos desafios da vida com confiança de que uma força do bem te acompanha e vai te ajudar.

Fico triste ao ver como a fé tem sido utilizada para enriquecer igrejas e os bolsos dos pastores. Um problema que se arrasta por gerações e em todas as religiões, basta ver toda riqueza da Igreja Católica existente no Vaticano. Igreja que está presente na minha religião, pois sou católico, mas que reconhece seus erros do passado e sempre pede perdão. 

Porém, o foco desta postagem não está em condenar o passado da Igreja Católica, e nem o presente de algumas Igrejas Evangélicas que viraram uma lavagem cerebral para arrancar dinheiro dos fiéis. O foco desta postagem é para mostrar que a fé em Deus vai além da religião. As religiões são coordenadas por homens e, como nenhum homem é santo, todas erram. Ninguém está escape dos deslizes, por isso compreendo os meus amigos agnósticos.

Uma fé verdadeira não precisa de recursos financeiros, pois ela se comunica com um mundo onde o dinheiro não tem valor, o orgulho não tem vez, a vaidade é desmanchada e os egos são esvaziados. A fé é a comunicação com o mundo onde o impossível torna-se possível, uma ligação gratuita com Deus. Ou, como queiram definir: "uma firme convicção de que algo seja verdade, sem nenhuma prova de que este algo seja verdade, pela absoluta confiança que depositamos neste algo ou alguém".

Para finalizar este texto de fé num Deus onisciente onipresente e onipotente, deixo um vídeo muito bonito que mostra imagens da natureza ao som de uma música dedicada para o Criador.


O Espírito de Deus está neste lugar...

3 comentários:

  1. Independente da religião, o importante é ter fé.
    Beijos!
    Muito bonita a tua postagem.

    ResponderExcluir
  2. Uma pena muita gente brigar por causa de religião, quando a vontade de Deus é que vivamos em paz uns com os outros como se fôssemos todos irmãos. A Palavra de Deus diz em Tiago 1:27, que para Deus o Pai, a religião pura e verdadeira é ajudar os órfãos e as viúvas nas suas aflições e não se manchar com as coisas más deste mundo. Ou seja, não adianta nada vc disser que crê em Deus e ao mesmo tempo odiar seu semelhante, fazer fofoca, e fazer todo tipo de más obras, é aquela história, faça o bem e evite o mal. Abraços! Blog legal!

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente tem muita gente fazendo o chamado "mercado da fé". Como a Monica Bif escreveu acima citando a passagem de Tiago 1:27, a religião é somente fazer o bem e se apartar do mal, mas existe algo maior que a religião, que é a prática do verdadeiro Cristianismo, ou seja, ser um Cristão verdadeiro. Isso vai muito além da simples religião. Para saber como ser um Cristão verdadeiro, nada mais certo que observar a vida de Cristo, do apóstolo Paulo, de Pedro. Homens que estavam dispostos a morrer para levar o Evangelho à toda a criatura. Ser humilhado para que Cristo fosse exaltado. Como podemos perceber, o Cristianismo não é uma mera religião.

    ResponderExcluir

Aqui, a Liberdade de Expressão fica por sua conta :)

Compartilhe

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Dicas Ocioso